Imigração em Dia – As dúvidas dos leitores

0
1537

Esta semana, o advogado Ludo Gardini, com escritório no Pompano City Centre, telefone (305) 514-0707, responde às perguntas sobre imigração

Morei nos EUA ilegalmente como turista por mais de 10 anos, voltei para o Brasil e logo em seguida tentei tirar um visto omitindo que fiquei ilegal. Eles descobriram e, além de me negarem o novo visto, me puniram com inadmissibilidade permanente, tenho filhos que em breve serão cidadãos e uma ex-esposa (nos divorciamos nos EUA), mas ainda casada no Brasil, pois casamos no Brasil. Há alguma possibilidade de obter o perdão para aplicar para o green card? Existe alguma possibilidade de essa reforma imigratória, que poderá ser aprovada nos próximos anos, beneficiar quem se encontra numa situação de inadmissibilidade permanente? Caso eu tente entrar pelas fronteiras sem visto, a reforma vai me ajudar no futuro? Estando inadmissível permanente como cidadão brasileiro, e caso eu venha me tornar um cidadão canadense por exemplo, eu poderei entrar nos EUA novamente de forma legal?
Caro leitor, vamos por parte nas respostas para suas várias perguntas. Você não poderá obter o green card pela sua ex-esposa nem pelos seus filhos, pois no mínimo você tem 10 anos de castigo. Com relação à reforma imigratória, para todas as suas perguntas nenhuma pode ser respondida no momento, por um simples fato de que não existe uma lei ainda e qualquer resposta é pura especulação. Você obtendo a cidadania canadense não vai ajudar em nada para obter um visto ou green card para os EUA. O castigo segue a pessoa e não a nacionalidade.

Como funciona quando uma empresa tem interesse em te contratar e você só tem visto de turista? Que documentos são necessários para essa empresa te contratar e mudar o visto? Qual o passo a passo? 
O primeiro passo a ser dado pela empresa é a contratação de um advogado de imigração. Existem muitas formas de se imigrar para os EUA através do emprego, com vistos H-1b, L1-A, L1-B, qualificações como EB-1, EB-2 EB-3, EB-4 visas TN  e visas O, P. Então, literalmente a primeiro passo e uma conversa com o advogado. Como você pode ver parece uma sopa de letrinhas.

Quem tem passaporte europeu precisa de visto para entrar em solo americano? Eu ouvi dizer que EUA e União Europeia têm um acordo para facilitar a entrada de quem tem passaporte europeu, é verdade?  Se for verdade, qual a facilidade? É mais fácil arranjar emprego?
Quem tiver passaporte europeu não precisa de visto para entrar nos EUA e pode ficar até no máximo 90 dias. Esta permissão não pode ser estendida, ou mudada para outro tipo e também não permite trabalhar.

Para financiar uma casa aí nos EUA com uma boa entrada e financiando o restante, é possível para um brasileiro? E se com a compra do imóvel é mais fácil a permanência no país com relação aos vistos?
Sim, financiamentos são possíveis para brasileiros e o processo de imigração é separado do de compra do imóvel. O fato único de se comprar um imóvel nos EUA não te dá direito a um green card.

Tenho visto de turista e estou nos EUA. Vou fazer uma mudança de status e vou tentar o de estudante. É possível eles negarem mesmo comprovando renda e a escola mandando os documentos?
Sim, a imigração tem o direito de negar a mudança de “status”

Minha esposa precisa investir no idioma inglês. Ela deve ficar nos EUA por uns seis meses investindo nisso. Se eu for junto, eu posso trabalhar? Não quero ficar parado e nem sozinho no Brasil com nossos filhos. Podemos matricular as crianças em escolas públicas na Flórida, ou precisa ser escola particular?
Acredito que por investir o leitor quis dizer aprender o inglês. Se você vier junto você não poderá trabalhar legalmente. Com referência a escolas seu filhos poderão fazer até o “high-school” como dependentes e em status F-2.


Clique aqui e envie sua dúvida de imigração