Imigrantes geram mais renda do que carga econômica, diz estudo

0
812

Imigrantes pagaram ao estado, por ano, mais de 15 milhões de dólares em impostos

Da redação
Segundo recente estudo publicado ontem pela Universidade Internacional da Florida (FIU), os imigrantes que moram na Flórida geram mais renda do que encargos à economia estadual. A maioria dos estrangeiros que se mudaram para o estado entre 2000 e 2005, devolveram aos cofres da Flórida em impostos, mais dinheiro do que solicitaram em serviços e assistência médica.
A pesquisa também revela que o nível educacional dos imigrantes é equivalente aos dos nativos da Flórida, e que essa nova população contribuiu para o crescimento do estado.
Os números
Ainda conforme o estudo, os imigrantes pagaram ao estado o montante de $15,390 milhões por ano, em impostos, encargos trabalhistas, impostos sobre vendas e sobre propriedades. Isso equivale a $4.755 por pessoa, ao ano. A contribuição tributária dos residentes não imigrantes foi de $5.261 por pessoa.
Em comparação com os benefícios recebidos, os imigrantes pagaram $1.500 a mais, e os floridianos apenas $1.390.
O estudo também revela que durante os cinco anos os residentes oriúndios de outros países mostraram maior inclinação a abrirem suas próprias empresas e terem autonomia econômica.