Imigrantes indignados e tristes

0
696

Principais grupos pró-imigrantes manifestaram repúdio contra os senadores

Da redação
As primeiras reações por parte dos imigrantes, em relação à decisão do senado norte-americano de bloquear a reforma imigratória, aconteceram ontem, em todo o país. Alguns grupos manifestaram, publicamente, repúdio e indignação por toda a parte.
Líderes de comunidades hispânicas reagiram também com preocupação.
“Estamos muito, muito indignados”, afirmou na televisão o vice-presidente do Sindicato Internacional de Empregados de Serviços, Eliseo Medina. Ele conclamou os imigrantes a continuarem unidos, organizados e batalhando por uma solução para os mais de 12 milhões de imigrantes.
Para a diretora da Coalizão pelos Diretos Humanos dos Imigrantes, Angélica Salas, a batalha perdida significa uma vitória do ódio e do racismo. Mas também fez questão de afirmar que a luta pela legalização não morreu.
Salas apontou, ainda, que não vê o voto dos senadores somente como uma rejeição aos imigrantes, mas também uma rejeição ao presidente republicano, George W. Bush. “A decisão foi tomada porque necessitam unir energias cm vistas às eleições presidenciais de 2008″, opinou.