Imigrantes podem ter sido torturados em solitárias

0
556

Secretária de Segurança Interna ordena que sejam feitas investigações


Janet Napolitano, secretária de Segurança Interna dos EUA

Depois de uma reportagem publicada recentemente no New York Times revelando que alguns imigrantes haviam sido colocados em celas solitárias, Janet Napolitano, secretária de Segurança Interna dos EUA, disse ter ordenado que sejam feitas investigações mais efetivas para determinar a veracidade da informação.

Em um almoço com jornalistas do Science Christian Monitor, ela disse que pretender ever as políticas de confinamento solitário, e afirmou: “Acho que a solitária deve ser uma exceção, não a regra”.

A denúncia divulgada pelo jornal novaiorquino aponta que cerca de 300 imigrantes eram mantidos em isolamento, muitos deles até por 23 horas do dia. Os dados apontam, ainda, que em mais da metade dos casos em que esta forma de castigo foi utilizada os imigrantes ficaram nestas condições por 15 dias ou mais, algo considerado pelos psiquiatras um risco à saúde mental do indivíduo. Cerca de 10% dos detidos ficaram até 75 dias nestas condições desumanas.

Além do isolamento, há acusações de tortura a alguns imigrantes. Isto tudo provocou uma forte reação de Charles Schumer, democrata de New York, que é presidente da Subcomissão Judiciária do Senado sobre imigração. Ele enviou uma carta nesta terça-feira (26) a John Morton, diretor do ICE (Immigration and Customs Enforcement), pedindo que o órgão federal mude seus procedimentos em relação ao tratamento com imigrantes.