Império da Casa Verde é bicampeã do Carnaval paulistano

0
788

Gaviões da Fiel fica em último lugar e é rebaixada

O título de campeã do Carnaval de São Paulo de 2006 pertence, pelo segundo ano consecutivo, à Império da Casa Verde, cujo desfile celebrou o enredo “Do Boi Mítico ao Boi Real – De Garcia D’Ávila na Bahia ao Nelore – O Boi que Come Capim – A saga da Pecuária no Brasil para o Mundo”. A redução da faixa de atribuição de notas, de 0,5 para 0,25 ponto, manteve a disputa emocionante e muito equilibrada, e o bicampeonato veio de virada.

Em segundo lugar, ficou a Vai-Vai, com a mesma pontuação da campeã (298,25). O quesito que causou o desempate foi Evolução, em que a Vai-Vai ficou 0,5 ponto atrás da Império. A Mocidade Alegre ficou em terceiro lugar, 0,25 ponto atrás da vice.

A polêmica da edição ficou por conta da Gaviões da Fiel, que disputou no Grupo Especial sob liminar da Justiça. Entretanto, descontos por atrasos e por não cobrir a marca de um gerador elétrico, em um dos carros, comprometeram o desempenho da escola, que acabou rebaixada. Pelo regulamento original, a Gaviões deveria desfilar no Grupo das Escolas Esportivas, cujo título acabou nas mãos da Mancha Verde, participante solitária da categoria.

Rebaixadas, as escolas de samba Camisa Verde e Branco, Leandro de Itaquera, Acadêmicos do Tatuapé e Gaviões da Fiel disputam no ano que vem pelo Grupo de Acesso.

Em 2005, a campeã do Carnaval Paulistano também foi a Império da Casa Verde. Em segundo, ficou a X-9 Paulistana. Mocidade Alegre, Unidos de Vila Maria e Vai-Vai dividiram o terceiro lugar.