Incêndio mata pelo menos 200 em boate de Santa Maria (RS)

0
604

Tragédia é notícia em todo mundo. Resgate de corpos levou a noite toda, velório deve ser coletivo

Os números ainda são confusos, alguns falam em 180 mortos e 200 feridos e outros dados mostram que 245 poderiam ter morrido na maior tragédia de Santa Maria (RS). O incêndio na boate Kiss teria durante três minutos e as vítimas que não morreram pelo fogo foram vítimas de asfixia (em função da forte fumaça) ou foram pisoteadas.

O fogo teria começado depois que um integrante de uma das bandas que tocava na noite de sábado para domingo usou no palco um sinalizador. Os integrantes da banda não conseguiram parar o pequeno artifício de fogo e a partir dai tudo teria sido muito rápido.

Segundo o Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Sul, o alvará do Plano de Prevenção de Combate a Incêndio da boate Kiss estava vencido desde agosto de 2012 e a administração já havia sido alertada para o perigo.

A notícia da tragédia encurtou a viagem da presidente Dilma Rousseff ao Chile. Ela se pronunciou sobre caso a imprensa e se emocionou. Ela deve deve chegar a Santa Maria no início da tarde de hoje, domingo (27). A morte de centenas de jovens também provocou o cancelamento da rodada do campeonato gaúcho prevista para este domingo.

Os corpos das vítimas do incêndio estão sendo levados para o Centro Desportivo Municipal (CDM) para identificação. Prefeitura e órgãos de segurança gaúchas já cogitam a possibilidade de que seja realizado um velório coletivo, nos quatro ginásios do complexo esportivo. O motivo é que não haveria estrutura na cidade para velar dezenas de corpos ao mesmo tempo