Indicação de Obama enche de esperança os indocumentados

0
433

Governadora Janet Napolitano vai coordenar Departamento de Segurança Interna

Uma indicação do presidente-eleito Barack Obama reforça a esperança de que a futura administração dos Estados Unidos vai buscar uma solução concreta para a questão dos mais de 12 milhões de indocumentados. A governadora do Arizona, Janet Napolitano, foi a escolhida para liderar o Departamento de Segurança Interna (Department of Homeland Security) nos próximos quatro anos, um cargo em que terá a responsabilidade pela gestão de temas como imigração e segurança nas fronteiras.
Janet Napolitano, de 50 anos, foi reeleita em 2006 para um segundo mandato à frente de um dos estados norte-americanos que fazem fronteira com o México – o Arizona, pelo qual o candidato derrotado à Casa Branca, o republicano John McCain, é senador. Fontes democratas indicam que Napolitano foi apontada como um dos cinco melhores governadores dos Estados Unidos pela revista Time. O convite já teria sido feito à governadora, que aceitou o desafio.
Uma das principais forças de Obama durante a campanha eleitoral, Napolitano é a primeira mulher nos EUA que foi sucessivamente eleita procuradora-geral e governadora de um estado. O seu nome foi considerado para o cargo de procurador-geral, para o qual Obama escolheu Eric Holder.
A imigração é uma área chave para a próxima administração e a escolha de Napolitano demonstra que o futuro presidente pretende garantir uma personalidade com experiência no combate à imigração ilegal. Um dos principais objetivos dos democratas nesta área será a revogação da legislação sobre imigração da Administração Bush. A conclusão da barreira que separa os Estados Unidos e o México e a questão da vigilância interna contra o terrorismo são outros tópicos centrais da agenda do Departamento de Segurança Interna. O atual ocupante do cargo é Michael Chertoff.

Uma defensora dos imigrantes

O problema da imigração ilegal é uma questão crucial para os Estados Unidos e não há estado que enfrente mais esta realidade do que o Arizona. Durante os últimos anos, a governadora Janet Napolitano praticamente implorou aos congressistas em Washington por soluções realistas acerca do problema enfrentado por 12 milhões de pessoas. “Ouvimos muito falar sobre proteger nossas fronteiras, mas não vemos muita ação concreta para garantir que os imigrantes tenham seus direitos garantidos”, disse a governadora. Para ela, estrangeiros com qualificação em determinados campos profissioanais deveriam receber autorização automática para trabalhar e viver na América. Além disso, a governadora defendeu um programa para trabalhadores temporários, com possibilidade de obtenção de cidadania.