Indústria da maconha legal nos EUA ganha mais espaço e é mercado bilionário

0
526

Mesmo em meio a um conflito legal, o mercado da erva deve bater recorde em 2014 e movimentar $2,34 bilhões

DA REDAÇÃO COM TERRA

Em 2013, as vendas de maconha medicinal chegaram a $1,43 bilhões nos Estados Unidos. A expectativa para este ano é que esse valor cresça em torno dos 64%, batendo o recorde de $2,34 bilhões. O mercado da maconha nos EUA está estimado atualmente em $113 bilhões, entre vendas legais e ilegais. O governo americano gasta, por ano, cerca de $40 bilhões em políticas de combate às drogas. Desse valor, estima-se que $13 bilhões sejam destinados ao combate específico da maconha.

Os números são tão grandes que o mercado bilionário da maconha já aponta uma necessidade de profissionais especializados no tratamente da erva. Chris Conrad é professor na Oaksterdam University, em Oakland, Califórnia, uma faculdade especializada em formar experts no trato da maconha medicinal. Ali, o aluno aprende tudo sobre as leis que regulam a maconha medicinal, a história da erva e até técnicas de cultivo.

“Nós oferecemos todas as ferramentas aos nossos estudantes para que eles se tornem especialistas nessa indústria, que não para de crescer”, explica Dale Sky Jones, chanceler da faculdade. “Depois de formados, eles conseguirão se estabelecer no mercado de cannabis com facilidade”, acrescenta.

O estado do Colorado é um exemplo da demanda. Desde janeiro deste ano, o estado autorizou a venda da maconha para fins recreativos e medicinais, tanto para residentes quanto para não-residentes. No primeiro mês após a medida, os cofres públicos arrecadaram $3,5 milhões em taxas e impostos, de acordo com a secretaria da Fazenda.

Além do Colorado, outros 22 estados americanos já legalizaram a maconha para uso medicinal ou descriminalizaram a droga. Em junho deste ano, a Flórida liberou o uso da erva na produção de medicamentos, mas a implantação está sendo gradativa. No começo de julho, Nova York se tornou o último Estado americano a permitir o uso da maconha medicinal. No entanto, a legislação levará pelo menos um ano até entrar em vigor.

Em estados que já liberaram o uso medicinal da erva há mais tempo, como a Califórnia em 1996, o produto é vendido abertamente em lojas não só em forma de remédios, mas em cápsulas, em forma de biscoitos, chocolates, brownies e balas, e até em potes de mel.