Jana já está em casa depois do transplante

0
415

Jovem brasileira foi submetida a um bem sucedido transplante de células-tronco na Alemanha

Pronta para a fisioterapia. Assim está a brasileira Janaína Hugon, a Jana, que na semana passada foi submetida a um transplante de células-tronco na Alemanha. De volta à sua casa, no sul da Flórida, a jovem está bem disposta e até já comeu feijão com arroz, superando até os mais otimistas prognósticos médicos.”Todo dia ela demonstra um avanço”, comemorou Daisy Hugon, a mãe de Jana.

Segundo ela, a filha mostrou melhoras imediatas após o procedimento, em que recebeu mais de cinco milhões de células-tronco na medula, no cérebro e na corrente sanguínea: não teve qualquer reação e passou a fazer movimentos que a doença lhe impedia. Por isso a fisioterapia intensiva, que começa nesta segunda-feira, é fundamental para sua plena recuperação. “Ela terá que reaprender coisas básicas, como mastigar e tirar o cabelo do rosto, por exemplo”, disse Daisy.

O pior já passou, mas definitivamente a família ainda precisa do apoio da comunidade, agora muito mais emocional. Daisy e o marido, Brian, não cansam de elogiar os brasileiros, que contribuíram com 90% do dinheiro usado para o tratamento, arrecadado em diversas campanhas. “Deus colocou no nosso caminho pessoas maravilhosas. E esperamos contar com elas ainda, pois o desafio é grande”, finalizou a mãe de Jana.