João Paulo Bounassar: artista múltiplo

0
1239

Versatilidade é a marca registrada de João Bounassar, jovem talento que vem despontando nas telas

João Paulo Bounassar
No momento em que está sendo disputado o torneio de Wimbledon, em Londres, o Brasil poderia ter mais um tenista na chave principal de um dos quatro torneios de Grand Slam do tênis mundial. Seu nome: João Paulo Bounassar.

Este poderia ser o enredo do passado, mas que tal projetarmos o cenário do futuro?

Em uma grande produção de Hollywood, fulgura na tela o nome de João Paulo Bounassar entre as estrelas mais bem remuneradas do cinema mundial.

O que é isto? Algum engano?

Não, caro leitor, não há nenhum engano. Para explicar melhor, vamos recorrer ao rewind, para usarmos uma linguagem de vídeo. João Paulo trocou Maringá, sua cidade natal no norte do Paraná, pela Flórida com um objetivo: jogar tênis por uma universidade.

A escolhida foi a Florida State University (FSU), em Tallahassee, capital do estado.

Treinando direto e estudando muito sobrava pouco tempo para realizar outros projetos.

Apesar de figurar na equipe considerada Top 10 dos EUA no tênis universitário, o espírito irriquieto de Bounassar e a vida pacata da cidade logo o empurraram para outras paragens. Aí, ele chegou no técnico da equipe de tênis e deu um ultimato: Quero me transferir para a Califórnia ou para o sul da Flórida.

Assim, em janeiro de 2005, ele passou a ser o novo integrante da equipe de tênis da Florida Atlantic University (FAU),de onde saiu em dezembro de 2007 com a graduação em Ciências Biológicas, com ênfase em Medicina.

Novos rumos

João Paulo BounassarAntes de terminar o curso, porém, o paranaense decidiu fazer um curso de Interpretação para Câmera como atividade extracurricular na própria FAU.

A partir daí, ele recuou no tempo e voltou a sentir o prazer de ser ator. O mesmo prazer que ele havia sentido quando tinha 12 anos em Maringá e interpretou o personagem Frederico na novela regional As Patricinhas de Maringá.

Nesta viagem pelo tempo, ele retornou a Curitiba, onde estava treinando com o campeão brasileiro de tênis para aprimorar sua técnica no vigor de seus 18 anos. Aliás, vale a pena dizer que João Paulo sagrou-se campeão brasileiro na categoria junior, aos 16 anos. Em um momento de descontração em que ele trocou a raquete por um copo de cerveja, foi convidado para um workshop de atores a pedido de um produtor da Globo. “Estava num bar com amigos e um produtor se aproximou de mim fazendo o convite. A princípio, não acreditei. Mas ele insistiu e pediu para a assistente dele me contatar. Aí, resolvi tentar”, relembra João Paulo.

Mesmo conciliando os estudos com o tênis e com o workshop, ele teve bons resultados.

Fez o workshop, participou da peça final montada pelos estudantes da oficina de atores e foi considerado uma promessa.

Tanto que, um mês antes de vir para os EUA, João Paulo recebeu um telefonema da TV Globo convidando-o para integrar o elenco de Malhação, a novela jovem da emissora. De qualquer forma, ele estará na tela da TV Globo Internacional, neste final de semana, como um dos personagens mostrados pelo repórter André Szapiro no Planeta Brasil.

Apesar de ter ficado balançado com o convite, o rapaz decidiu manter o plano original e veio para a Flórida, porque aqui ele poderia jogar tênis sem se preocupar em trabalhar e ter de pagar por uma universidade.

Depois de formado, João Paulo resolveu retomar a carreira de ator. Mandou um vídeo para o reality show Real World da MTV, mas não foi selecionado.

Quase foi escolhido para participar de alguns reality shows e nunca deu certo. “Hoje, até agradeço, porque isto queima o filme”.

Mas quem sabe faz a hora não espera acontecer, como já disse Geraldo Vandré, e o rapaz foi em busca de seu sonho. Seu primeiro filme foi Fetish, dirigido por um diretor californiano, que conquistou o segundo lugar no Delray Film Festival. A partir daí, ele começou a bater nas portas de agências que quisessem representá-lo e os trabalhos foram acumulando-se.

Hoje, João Paulo tem um curriculum invejável com destaque para os longa metragens A Mistaken Look, Do It Post, Rendezvous e Fix and Clean, que ele está terminando de filmar. Durante a carreira, constam filmes (curtas e longas), teatro, televisão e comerciais. Aliás, ele pode ser reconhecido como o rapaz que participa do comercial da Heineken, onde mostra a arte de conquistar uma garota bonita.

Sua versatilidade estende-se aos idiomas. O rapaz fala espanhol e inglês sem sotaque, o que lhe abre portas em vários mercados. Agora, seus planos incluem o Brasil, onde fará um longa e um curta metragem, além de participar de um seriado.

Desta vez, falando português, é claro!

Apesar disto, seu objetivo é chegar a Hollywood. Por isto, está programando a mudança para Los Angeles. Ele pretende chegar à terra do cinema com uma bagagem considerável para evitar engrossar a lista de aspirantes a atores e attrizes desempregados.

Com a determinação de João Paulo, não estranhe quando vê-lo na tela encarnando um super herói de histórias em quadrinhos um personagem que ele adoraria fazer.

João Paulo Bounassar