Jovem do Fluminense vem jogar no Strikers

0
1343

Time de Fort Lauderdale anunciou novos reforços

DA REDAÇÃO

O capitão do Fluminense na última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o volante Marlon Freitas, de 19 anos, vai jogar no Fort Lauderdale Strikers, clube dos Estados Unidos que tem Ronaldo Fenômeno como sócio. O jogador foi emprestado sem custos até outubro deste ano. Ele viaja nesta sexta (13/2) com seu empresário, Gerson Oldenburg, para ser apresentado. Marlon, que tem 1,85m e pesa 78kg, é apontado como umas das principais revelações da base tricolor. O gerente do Fort Lauderdale Strikers, Amaury Nunes, é do Rio de Janeiro e observou o time sub-20 do Fluminense durante o Brasileiro da categoria, no ano passado. Além de Marlon Freitas, o atacante Stefano, de 23 anos, será emprestado gratuitamente ao clube norte-americano. No ano passado, ele jogou no MyPA, da Finlândia.

O Fluminense, que possui um acordo com o Sporting Kansas City, da MLS, tem investido no intercâmbio de atletas da base. Durante a última temporada, o lateral direito Igor Julião, já integrado à equipe profissional da equipe carioca, disputou a MLS pelo próprio Sporting Kansas City. O atacante Pablo Dyego também foi um dos que se aventuraram no mercado alternativo da Europa, jogando na Suécia por um ano.

“Para o Fluminense trata-se de uma oportunidade interessante pois é o time do Ronaldo, que vai ter muito foco do mundo do futebol. Além disso, é um mais um passo dentro de nosso trabalho no mercado americano. Vamos assim solidificando o nome do Fluminense nesse mercado em expansão”, disse o responsável pela base do Tricolor, Marcelo Teixeira.

Lembrando que Marlon e Stefano podem ter a chance de jogar com o Fenômeno uma vez que o ex-jogador considerou a possibilidade de entrar em campo e se inscrever no campeonato caso a equipe avance para as fase finais no segundo semestre.

Esta semana, o Strikers também anunciou mais um reforço no ataque do time com a contratação do colombiano-americano Jose Angulo, de 27 anos. Angulo jogou duas temporadas pelo Pittsburgh Riverhounds, a terceira divisão do futebol profissional dos Estados Unidos. “Ele já provou que é um bom atacante e que marca gols, o que é mais importante”, disse Amaury Nunes.