Luta contra a degola: só um milagre salva o Palmeiras da Segundona

0
573

Sport segue com grande risco de cair. Portuguesa e Bahia ainda vivem ameaça, enquanto Figueirense já caiu

Da Redação, com PFC – O Brasileirão 2012 já tem um campeão. O Fluminense conquistou o título com três rodadas de antecedência. Se a briga pelo caneco já está decidida, a luta contra a degola permanece acirrada. A derrota do Palmeiras em Presidente Prudente, que garantiu o título ao Fluminense, graças também ao empate entre Vasco e o vice-líder Atlético-MG,  manteve o Alviverde a sete pontos do primeiro clube fora do Z-4 e com apenas nove a serem disputados. A ameaça de rebaixamento só cresce para o time .

Para permanecer na Série A, o clube paulista precisa vencer os três últimos jogos e ainda torcer contra Portuguesa, Bahia e Sport. Se os dois primeiros somarem mais uma vitória, o Palmeiras cai, independente de seus resultados contra Flamengo (fora), Atlético-GO (casa) e Santos (fora). O mesmo acontece se o Sport vencer duas.

Quem também pode servir de inspiração para o Palmeiras é o Flamengo. Há seis rodadas sem perder, o Rubro-Negro garantiu sua permanência na Série A com a vitória por 1 a 0 sobre o Náutico. O mesmo aconteceu com o Cruzeiro, que venceu o Bahia de virada, por 3 a 1, e a Ponte Preta, que bateu o Internacional por 1 a 0.

O Figueirense fez o caminho contrário. O empate em 1 a 1 com o Sport rebaixou o Alvinegro, que se juntou ao Atlético-GO, já confirmado na Série B de 2013. E o Leão também não ficou em boa situação. Com 75% de risco de cair, o Sport enfrentará adversários complicados nas últimas rodadas. Primeiro, jogará em casa contra o Botafogo, que ainda luta pela classificação para a Libertadores. Depois, pegará o Fluminense, e fechará a participação contra o rival Náutico, que também está na briga para fugir da degola.

Portuguesa e Bahia terminaram a 35ª rodada com o mesmo número de pontos, 40. A Lusa perdeu do Botafogo por 3 a 0, aumentando sua chance de cair para 14%, e ainda vai enfrentar Grêmio, Internacional e Ponte Preta. Já o Bahia viu sua possibilidade de queda ir para 11,5% depois de perder para o Cruzeiro e se prepara para duelar com Ponte Preta, Náutico e Atlético-GO.