Lutador brasileiro de MMA do UFC pode ser deportado

0
795

Thiago Silva foi detido em sua casa em Oakland Park, na sexta-feira, 7 de fevereiro, após fazer ameaças em uma academia em Fort Lauderdale

O lutador brasileiro de MMA Thiago Silva, de 31 anos, detido desde o dia 7 de fevereiro após ameaças feitas em uma academia em Fort Lauderdale pode ser deportado. No boletim de ocorrência do departamento de polícia do condado de Broward existe um pendência requisitada pela imigração. Até ontem, quinta-feira (13) não havia data estipulada para o julgamento do lutador, e o pedido de fiança foi negado.

Silva, que tem 16 vitórias e, somente, três derrotas, como profissional, era um dos principais lutadores do UFC. Agora ele enfrenta acusações de ameaça, obstrução do trabalho da polícia, tentativa de assassinato e porte ilegal de armas. Para prender o lutador na sexta-feira (7) uma equipe da SWAT foi acionada.

Thiago Silva, nascido em São Paulo, foi até a Academia de Artes Marciais de Pablo Popovitch, localizada na 777 E. Oakland Park Blvd., por volta das 7:45 pm da quinta-feira (6), fez algumas ameaças e foi embora. Ele voltou para sua casa, em Oakland Park e se fechou.
Os alvos das ameaças eram o dono da academia Pablo Popovitch, e a ex-esposa de Silva, a também lutadora faixa preta de jiu-jitsu, Thaysa Kamiji. O lutador brasileiro e Kamiji se separaram em dezembro de 2012. Ele não concordava com a separação e também com o relacionamento entre Thaysa e Popovitch, seu treinador.

Em entrevista à imprensa brasileira, Thaysa contou que Silva faz uso de cocaína e poderia estar sob efeito da droga quando foi até a academia fazer ameaças. Ela também contou que durante os anos de casamento, de 2004 a 2012, sofreu violência doméstica, mas não reportou por medo do lutador.

Thiago Silva é um veterano do Ultimate Fighting Championship (UFC). Logo após o escândalo ocorrido na Flórida, a organização do UFC, através do presidente, Dana White, declarou que o brasileiro “nunca mais lutará no UFC.”

Num vídeo postado no YouTube, Silva fala sobre sua educação dura e sua reputação como um homem violento para pessoas que não o conhecem. “As pessoas pensam que sou como um animal, muito agressivo e, sei lá, insano”, disse Silva no vídeo. Ele inclusive conta sobre a violência que sofria quando ainda criança.