Marcelo Vieira já não dirige o Vasco

0
582

Treinador não ficou dois meses no cargo e depois de seis derrotas seguidas teve que deixar o time

Após seis derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, Marcelo Oliveira foi demitido e não é mais o treinador do Vasco. A decisão, tomada na última segunda-feira, dia 5 de novembro, após uma reunião do treinador com a diretoria, foi em comum acordo, e ocorreu depois de o time carioca ser goleado por 3 a 0 pelo Sport, em São Januário. Marcelo Oliveira se pronunciou através de nota oficial, enviada por sua assessoria de imprensa pessoal.

Na nota ele disse: Quando surgiu o convite para assumir o Vasco da Gama, me senti extremamente honrado. Desde o primeiro momento, fiz o meu melhor pelo clube na tentativa de reverter a fase ruim que o time atravessa. Lamento muito que toda essa vontade de melhorar não tenha sido suficiente para que o Vasco desse a reviravolta necessária. Por isso, no momento, a diretoria e eu entendemos que era melhor interromper esse vínculo, contou o comandante.

Entretanto, não posso deixar de agradecer pela oportunidade que tive de dirigir o time e, em especial, agradecer também à torcida, que vem apoiando e tentando empurrar a equipe durante todos os jogos. Torcerei muito para que o clube supere esse período de turbulência, pois tem uma camisa de peso, uma torcida fanática e gente séria trabalhando para que essa fase ruim acabe logo, encerrou.

Marcelo Oliveira assumiu o comando do Vasco no dia 12 de setembro, no lugar de Cristóvão Borges, que pediu para sair depois da derrota para o Bahia por 4 a 0. Sob o comando do técnico, o Alvinegro disputou dez partidas, com duas vitórias, dois empates e seis derrotas.

Em quase dois meses no clube, Marcelo Oliveira também foi afetado pelos problemas financeiros do Vasco e não recebeu um salário sequer. Ao ser contratado, Oliveira chegou com discurso otimista, falando até em título brasileiro, porém, sob seu comando chegou ao fim o recorde de 54 rodadas seguidas no G4. O auxiliar técnico Gaúcho vai comandar a equipe nas últimas quatro rodadas do Brasileirão.