Márcia Cordeiro

0
1240

Uma vida dedicada a cantar

Antonio Tozzi

Ela surgiu no Mato Grosso do Sul, mais exatamente em Aquidauana, mas levou sua arte para várias partes do Brasil e está mostrando seu talento aqui na Flórida agora. Seu nome: Márcia Cordeiro – cantora, violonista e compositora.

A sul-matogrossense começou a cantar e a tocar violão aos 12 anos de idade. Três anos depois, ela foi para São Paulo, cidade onde viveu durante 18 anos. Em São Paulo, Márcia tornou-se funcionária da Eletropaulo – companhia paulista fornecedora de energia elétrica – e paralelamente iniciou sua carreira artística pelos pontos paulistanos.

“Fiz vários shows em bares do bairro do Bixiga (reduto da colônia italiana em São Paulo e sede da Escola de Samba Vai Vai). Também participei de diversas atividades promovidas pela Prefeitura de São Paulo, como os shows em bibliotecas municipais”, explicou a artista.

Ainda em São Paulo, Márcia trocou de emprego, deixando a Eletropaulo e indo para o Banespa (banco antigamente controlado pelo governo paulista, depois privatizado e vendido ao Banco Santander, da Espanha). Entretanto, ela não interrompeu seu circuito musical. A não ser para morar dois anos em Peruíbe, litoral sul de São Paulo, onde nasceu seu único filho, Mário Junior.

Compositora – Enquanto se apresentava na noite paulistana e trabalhava em atividades burocráticas, Márcia ia compondo músicas. Atualmente, ela tem cerca de 20 composições inéditas. “Nunca surgiu a oportunidade para outros cantores gravarem minhas canções. Sempre fiz letra e música”, comentou a nova atração do circuito de bares do sul da Flórida.

Parece que finalmente surgirá a oportunidade de gravar seu primeiro CD, com suas canções, aqui mesmo. Como cigana, ela peregrinou pelo Brasil, saindo de São Paulo e indo morar em Natal, capital do Rio Grande do Norte, para onde foi transferida para trabalhar em uma agência local do Banespa.

Evidentemente, seu principal objetivo era (e é) a música. E sua meta foi alcançada. Ela foi premiada na capital nordestina com o Troféu Caju com seus show “Prazer”, dentro do projeto Seis da Tarde, como o melhor espetáculo musical.

Nova mudança – Após cinco anos morando no litoral nordestino, Márcia resolveu voltar às origens. Mudou-se para Bonito, no Mato Grosso do Sul. A cidade, como o próprio nome diz, está num local de extrema beleza e é uma das principais atrações turísticas do estado da região Centro Oeste.

Lá, continuou cantando e mostrando seu trabalho. Chegou a participar até mesmo do 3º Festival de Inverno, que reúne várias manifestações culturais como música, artes plásticas, artesanato, fotografia e palestras sobre educação.

Paixão por Miami – Depois de morar por dois anos em Bonito, Márcia Cordeiro achou que era hora de sair do Brasil. E a escolha recaiu sobre Miami. “Desde que pus os pés em Miami Beach senti que aqui era meu lugar. Estou apenas um ano morando na Flórida, mas nunca senti vontade de voltar”, confessou a artista.

Para ajudar, encontrou o atual marido, o uruguaio Tony, com quem está casada há seis meses. E ainda por cima tem a companhia do filho, Junior, que está há um mês vivendo na Flórida e é quem toca violão para as interpretações da mãe. Como se vê, talento musical é coisa de família.

Logo que chegou aqui, começou a procurar contatos com a comunidade de músicos brasileiros, até porque ela não domina o inglês, por enquanto. “O primeiro músico que conheci aqui foi o César Santana”, disse Márcia.

E parece mesmo que foi um golpe de sorte. César se encantou com as composições de Márcia Cordeiro e é a pessoa que vem se empenhando em produzir o CD da cantora sul-matogrossense.

Circuito nos bares e restaurantes brasileiros – Enquanto trabalha na realização de seu disco, Márcia vai mostrando sua arte no circuito de bares e restaurantes brasileiros. Nas quintas-feiras à noite, ela se apresenta no Cozinha Mineira, em Deerfield Beach, e às sextas-feiras à noite, é a vez do restaurante Renascer – local onde deve voltar a cantar após o Carnaval. Antes, já havia cantado no Gil’s Café, em Miami Beach, bar que já não existe mais.

O AcheiUSA foi ao Cozinha Mineira, na quinta-feira, dia 12 de janeiro, para conferir a performance da cantora. E o resultado foi surpreendente. Ela canta com afinação, voz forte, e seu repertório é bem diferente da maioria do que se ouve por aí. Márcia interpreta rock brasileiro de boa qualidade. Valeu para relembrar clássicos de Os Mutantes, Raul Seixas, Lulu Santos e outros, além de suas próprias composições.

A cantora está vibrando com a vinda do filho, Junior. Além do carinho maternal, Márcia também lucra no aspecto profissional. “Com Junior tocando, posso ficar tranqüila e me soltar no palco. Para mim, presença de palco é muito importante. Se tiver de tocar violão e cantar ao mesmo tempo – o que ela pode fazer tranqüilamente -, não posso dar vazão ao meu lado cênico”, comentou Márcia Cordeiro que fez um curso de interpretação de um ano na Funarte, em São Paulo, dado pela veterana atriz Miriam Muniz.

Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho de Márcia Cordeiro, pode ir ao Cozinha Mineira, nas quintas-feiras à noite, ou acessar sua website www.marciacordeiro.com.

Sem dúvida, a voz de Márcia cativará os internautas que ouvirem sua interpretação de “Por causa de você”, uma das canções que ela acredita pode vir a ser sucesso.