Memorial de 11 de setembro inaugura museu virtual

0
618

Os acontecimentos da manhã de 11 de setembro de 2001 jamais vão sair da mente dos americanos e provavelmente do mundo. Naquele dia fatídico, membros da rede Al Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais nos Estados Unidos para promover o maior ataque terrorista da história, que acabou resultando em mais de três mil mortes. Quase dez anos depois da tragédia, o memorial de 11 de setembro disponibiliza na Internet um site interativo com imagens e documentos de uma ferida ainda não cicatrizada no país.

No aniversário de uma década dos ataques às torres gêmeas (New York) e ao Pentágono (perto de Washington DC), será inaugurado o ‘Museu Memorial Nacional do 11 de Setembro’ no Marco Zero, em Manhattan. No entanto, desde esta semana já é possível relembrar o atentado, através de fotografias, vídeos, depoimentos e muito mais. Vale a pena a visita (www.national911memorial.org). O museu on-line está organizado em uma linha cronológica, mostrando desde a chegada dos terroristas ao aeroporto até o discurso à nação do então presidente George W. Bush, realizado naquela mesma noite.

O monumento a ser inaugurado em setembro consistirá em duas enormes fontes quadradas alimentadas por cascatas de água, com inscrições dos nomes das vítimas, e estarão situadas nos locais exatos onde localizavam-se os dois prédios do World Trade Center. No local, criado pelo arquiteto Michael Arad e pelo paisagista Peter Walker, haverá exposições permanentes.