Mercado brasileiro de futebol está aquecido

0
604

Apesar dos dirigentes se queixarem da falta de dinheiro, os clubes do Brasil estão contratando muitos jogadores

Antonio Tozzi

2014. Ano de Copa do Mundo no Brasil. Portanto, um ano em que o primeiro semestre praticamente vai ser dedicado às competições estaduais – tão combatidas, mas ainda resistindo como uma espécie de pré-temporada das principais equipes para a disputa de campeonatos mais atraentes, como Libertadores (para quem se classificou para a principal competição continental); Campeonato Brasileiro 2014, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana, no segundo semestre.

Aliás, o fato de as competições mais importantes estarem reservadas para o segundo semestre, com exceção da Copa Libertaores da América, faz com que alguns clubes tenham preferido adiar para a janela de verão europeia (inverno no Brasil) as transferências dos jogadores. Ou seja, alguns times correm o risco de se desfigurarem de um semestre para outro.

Entretanto, algumas equipes não poupam reforços para se reforçar, a fim de formar um elenco mais qualificado, com destaque para Palmeiras, Santos, Botafogo e Cruzeiro, que pretende repetir o feito deste ano e ser campeão brasileiro, além de tentar novamente conquistar a Libertadores.

Damos aqui um panorama de como estão até agora as contratações de novos jogadores feitas pelos principais clubes brasileiros. Este é somente o panorama do momento porque as equipes continuam negociando e mais novidades podem surgir.

Atlético MG – O atual campeão da Libertadores contratou o técnico Paulo Autuori, substituto de Cuca, que assinou um contrato milionário para treinar uma equipe de futebol da China. Além dele, o atacante Rildo, ex-Ponte Preta, acertou com o clube mineiro.

Atlético PR – O Furacão trouxe o técnico Miguel Portugal, do Bolívar (BOL), para o lugar de Wagner Mancini, que não renovou seu contrato. Já estão confirmados também o volante Paulinho Dias, ex-Chapecoense, e Rodrigo Biro, ex-lateral da Ponte Preta. E pode ter ainda o atacante Adriano, ex-Seleção Brasileira, que pretende retomar sua carreira.

Bahia – O Tricolor de Aço aposta nos irmãos argentinos Emmanuel e Max Biacucchi para dar mais qualidade à equipe. O primeiro atuava no Olimpia (PAR) e o segundo foi destaque no Vitória, o grande rival baiano. Outra contratação interessante foi a do atacante Rafinha que trocou o Flamengo pelo Bahia. E a equipe está bastante mudada. O técnico Cristóvão Borges saiu e para seu lugar veio Marquinhos Santos, que treinou o Coritiba no ano passado, além dos zagueiros Serjão, vindo do Duque de Caxias (RJ), Anderson Conceição, do Mallorca (ESP), do lateral direito Galhardo, ex-Santos, do volante Diego Felipe, da Chapecoense, e dos atacantes Jonathan Reis, ex-Vitesse (HOL), Rhayner, ex-Fluminense, e Wangler, ex-Grêmio.

Botafogo – O Glorioso contratou o técnico Eduardo Hungaro para substituir Osvaldo de Oliveira, que assumiu o Santos. O grande nome até agora é o retorno do meia Jorge Wagner, que estava no Kashiwa Reysol (JAP), mas além dele já vieram os laterais Alex e Anderson Santos, ambos do Vitesse (HOL), e os meiocampistas Airton, ex-Internacional, e Rodrigo Souto, ex-Figueirense.

Corinthians – O Timão está contido neste início de ano. Depois de confirmar Mano Menezes, ex-Flamengo, como novo técnico, o clube apenas contratou o lateral-esquerdo Uendel, da Ponte Preta, e o volante Bruno Henrique, ex-Portuguesa, mas continua negociando para obter mais reforços.

Coritiba – O campeão paranaense decidiu manter a base do ano passado e até agora apenas confirmou o nome do atacante Zé Love, emprestado pelo Genoa (ITA), como reforço.

Criciúma – O Tigre catarinense surpreendeu ao anunciar o veterano Paulo Baier como reforço após ele não renovar com o Furacão. Outro meiocampista que chegou foi Thiago Humberto, ex-Ceará. Também do clube cearense veio o atacante Lulinha e o outro atacante contratado é Rodrigo Silva, ex-ABC-RN.

Cruzeiro – O campeão brasileiro quer continuar forte. Até agora, confirmou a chegada do zagueiro Vilson, ex-Palmeiras; do volante Rodrigo Souza, ex-Boa Esporte; do lateral Samudio, ex-Libertad (PAR), e dos atacantes Marlone, ex-Vasco, e Marcelo Moreno, ex-Flamengo.

Figueirense – O time de Florianópolis contratou somente dois atacantes até agora: Ciro, ex-Atlético PR, e Lucio Maranhão, ex-ASA.

Flamengo – O Rubro-Negro carioca quer fazer boa figura na Libertadores. Por isso, já trouxe o volante Feijão, ex-Bahia, os meias Elano, ex-Grêmio, e Everton, ex-Atlético PR, e o lateral direito Léo, também do clube curitibano, e o atacante Alecsandro, ex-Atlético MG, além do zagueiro Frickson Erazo, do Barcelona (EQU).

Fluminense – Após a polêmica manutenção na Série A, por causa de um erro na escalação de um jogador por parte da Lusa, o Flu se tornou o “vilão” para muita gente. Mas o Tricolor carioca do técnico Renato Gaúcho, que levou o Grêmio ao segundo lugar no Brasileirão 2013, promete montar uma equipe competitiva. Depois de repatriar Conca, ex-Ghuangzou (CHI), trouxe o cobiçado Walter, ex-Goiás, para reforçar o ataque, e o goleiro Felipe, ex-Naútico.

Goiás – O Esmeraldion goiano contratou o técnico Claudinei Oliveira, ex-Santos, e por enquanto confirmou apenas a chegada do atacante Neto Baiano, ex-Sport, para substituir Walter.

Grêmio – O Tricolor gaúcho, que trouxe o técnico Enderson Moreira, ex-Goiás, contratou os zagueiros Rodolpho, ex-São Paulo, e Geromel, ex-Mallorca (ESP), os volantes Edinho, ex-Fluminense, e Léo Gago, ex-Palmeiras, e o meia Marco Antonio, ex-Atlético PR.

Internaciona – O Colorado gaúcho aposta no técnico Abel Braga mais uma vez para ter um bom ano em 2014. Para ajudar, contratou os zagueiros Paulão, ex-Cruzeiro, e Ernando, ex-Goiás, além do lateral Gilberto, ex-Botafogo, e do atacante Wellington Paulista, ex-Criciúma, e do goleiro Dida, que atuava no rival Grêmio.

Palmeiras – O campeão da Série B em 2013 foi um dos que mais se reforçou. Trouxe até agora os zagueiros Lúcio, ex-São Paulo, e Victorino, ex-Cruzeiro, o lateral esquerdo William Matheus, ex-Goiás, o volante França, ex-Hannover (ALE), o meia Diego Souza, ex-Oeste, e os atacantes Diogo, ex-Portuguesa, Rodolfo, ex-Rio Claro, e Marquinhos Gabriel, ex-Bahia.

Santos – O Alvinegro praiano também vem investindo forte este ano. Depois de tirar o técnico Osvaldo Oliveria do Botafogo, fez a contratação mais cara do futebol brasileiro com a chegada do atacante Leandro Damião, ex-Internacional, que veio por mais de R$40 milhões.

São Paulo – O Tricolor paulista quer voltar a ser vencedor. Mas está tímido com cotratações. Até agora, trouxe apenas o lateral direito Luis Ricardo, ex-Portuguesa.

Sport – O Leão da Ilha quer fazer boa figura no Brasileirão. Por isto, já contratou Rodrigo Mancha, ex-Oita Trinita, os zagueiros Ferron, ex-Ponte Preta, e Durval, ex-Santos, além do lateral Igor, ex-Corinthians, e do meia Robert Flores, ex-Deportivo Quito (EQU).

Vasco – O Cruzmaltino pretende ser campeão da Série B. E já está reforçando a equipe. Sanou uma das deficiências da equipe ao trazer o goleiro Martin Silva, ex-Olimpia, mesma equipe do volante Eduardo Aranda. Vieram também o zagueiro Rodrigo, ex-Goiás, e Everton Costa, ex-Santos.

Vitória – O Rubro-Negro baiano anunciou como reforços os seguintes jogadores: Luiz Gustavo, ex-lateral do Palmeiras; Lucas Zen, ex-volante do Botafogo, e Dão, ex-zagueiro da Chapecoense de Santa Catarina.