Miami Heat envia Roger Mason Jr. para Sacramento

0
506


Roger Mason Jr. não preencheu as expectativas do técnico e foi trocado por um draft de 2015
Foto Divulgação

O Miami Heat efetuou a troca do armador Roger Mason Jr. para o Sacramento Kings por uma escolha condicional de draft de segundo round de 2015 — uma jogada que aliviará um pouco a taxa de luxo paga pelo Heat e, mais importante, dará ao time do sul da Flórida a flexibilidade de adicionar mais um jogador à equipe, caso mostre interesse por algum tipo de atleta disponível. Miami está agora com 14 jogadores, um a menos do limite máximo da liga.

O Heat deve pagar o resto do salário de Mason e o Kings deve liberá-lo.

O Heat pode nunca vir a receber escolha condicional de draft de segundo round do Sacramento, mas este movimento teve como objetivo abrir uma vaga no elenco.

Os jogadores que atuaram na liga esta temporada devem ser dispensados até 1º de março para serem elegíveis para os playoffs em outras agremiações. O Heat monitora esta situação bem de perto. Caron Butler está entre os nomes que foram mencionados recorrendo à possibilidade de um buyout, mas não está claro se o Bucks ou Butler fará isto. Butler tem um contrato que está expirando no valor de $8 milhões.

O Heat está aberto para adicionar outro homem grande ou um habilidoso ala com característricas defensivas.

Toney Douglas superou Mason na avaliação de Erik Spoelstra. Douglas saiu jogando quando Dwyane Wade estava machucado. Mason anotou uma média de 3.0 pontos em 25 jogos nesta temporada.

“Não estamos anunciando aos quatro cantos que estamos procurando por outra peça para ser um candidato ao título”, disse Spoelstra aos repórteres recentemente. Mas ele também mencionou como esta troca dá ao time de Miami mais flexibilidade ao elenco.