Na Espanha, imigração em queda

0
564

Para quem duvidava que a crise do euro e o desemprego derrubaram a imigração ilegal para a Espanha, o governo local tratou de dissipar essa dúvida. De acordo com dados oficiais, o número de indocumentados que entraram no país ” seja por mar, terra ou ar ” caiu assustadoramente. A chegada de imigrantes por mar às Ilhas Canárias, por exemplo, foi 91% menor do que o mesmo período anterior e, em geral, a entrada de indocumentados foi 50% menor do quem em 2009.

O Governo também notou uma redução na chegada de estrangeiros sem a devida documentação por estradas e por aeroportos espanhois. Ano passado, quase 9.500 imigrantes foram impedidos de entrar na Espanha, enquanto que em 2009, este número foi superior a 12 mil. Em 2009 foram repatriados mais de cinco mil imigrantes em situação irregular, mas no ano passado o número não chegou a dois mil. Outro dado importante é a diferença entre as deportações registradas nos dois anos: em 2010 foram expulsos quase 11.500 imigrantes, mas em 2009 a cifra superou os 13 mil.