No ranking da violência, Maceió é a capital mais violenta

0
560

Pesquisa do governo brasileiro mostra cidades onde jovens estão mais vulneráveis

Maceió é a capital brasileira onde os jovens estão mais vulneráveis à violência, enquanto São Paulo é a de menor vulnerabilidade. Estes são dados extraídos de uma pesquisa produzida pelo Ministério da Justiça com base em índices como taxa de homicídios, as mortes por acidentes de trânsito, e os indicadores de emprego, educação, pobreza e desigualdade. Esta foi a primeira vez que o estudo foi realizado, tendo como base as informações de 266 municípios com mais de 100 mil habitantes, em relação a adolescentes e jovens na faixa entre 12 e 29 anos de idade.

O município com menor Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência (IVJV) é São Carlos, no interior paulista, enquanto a mais violenta para os jovens é Itabuna, na Bahia. “A pesquisa derruba determinados mitos, como por exemplo o de que a situação mais vulnerável é a do Rio de Janeiro. A gente tem essa impressão, mas não é”, disse o ministro da Justiça, Tarso Genro, que participou da divulgação do documento.

A pesquisa identificou ainda um perfil dos grupos de baixo e alto risco de exposição à violência. Segundo o levantamento, os mais vulneráveis ou com algum histórico de violência são predominantemente do sexo masculino (56,1%), têm acima de 19 anos (73,2%) e se declararam negros ou pardos (64,1%).