Nonagenário é preso por alimentar pobres na Flórida

0
748

Nonagenário é preso por alimentar pobres na FlóridaHá muitas leis bizarras neste país. Mas poucas podem rivalizar com uma que resultou na prisão de um nonagenário floridiano, detido por distribuir comida para pessoas com fome. No mês passado, a cidade de Fort Lauderdale, na Flórida, aprovou uma medida para impedir as pessoas que alimentem os sem-teto da cidade. No domingo (2), dois dias depois da lei entrar em vigor, Arnold Abott, um aposentado de 90 anos com longa história de ajuda aos necessitados, foi preso pelo crime de dar comida para quem precisa de comida. Abott está sujeito a passar 60 dias na cadeia e ainda pagar uma multa de $500. Dois pastores locais também foram presos pelo mesmo motivo e podem receber a mesma punição.

De acordo com um levantamento feito no ano passado, há cerca de 2,810 pessoas sem teto no condado de Broward, a maioria delas vivendo em Fort Lauderdale.

Agora Abott vê-se na obrigação de defender sua caridade. Numa entrevista ao canal de TV Local 10, ele contou a experiência. “Um dos policiais disse, ‘Largue esse prato agora mesmo’, como se eu estivesse carregando uma arma, “ disse o ancião.

O canal de TV entrevistou também o prefeito Jack Seiler, que justificou a ação. “Aqui em Fort Lauderdale fazemos cumprir a lei.”

De fato, a lei tem sido cumprida em Ft Lauderdale no sentido de criminalizar os sem teto. Em abril, a cidade aprovou uma medida que torna ilegal a possessão de objetos em público, permitindo à policia confiscar qualquer pertences pessoais em até 24 horas. Não satisfeita, a cidade ampliou as restrições em setembro, quando proibiu que se durma em público.

De sua parte, Abott vai lutar contra as acusações e espera reverter a medida anti-caridade. “Acredito piamente que sou responsável pelos meus irmãos,” declarou à reportagem do Local 10. “Esses são os mais pobres dos pobres, que não têm um telhado sobre a cabeça. Como deixá-los de lado?”