Nova Zelândia vai conceder vistos de trabalho para brasileiros

0
750

País inicia processo de inscrição para obtenção do Working Holiday Visa

Mais de 300 brasileiros com idade entre 18 e 30 anos poderão viver na Nova Zelândia por um ano para trabalho ou estudos, com base em um novo acordo recíproco assinado este ano. O acordo encorajará jovens brasileiros a incluir a Nova Zelândia como parte de suas viagens ao exterior e estimulará o interesse deles em viver, estudar e trabalhar na Nova Zelândia.

O acordo, assinado em Auckland pelo ministro das Relações Exteriores da Nova Zelândia, Winston Peters, e pelo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, também permitirá que 300 neozelandeses com idade entre 18 a 30 anos venham ao Brasil para um ano de férias, estudo e trabalho.

“O Acordo de Férias e Trabalho será o primeiro do tipo assinado pelo Brasil e aprofundará os importantes laços entre os dois países”, disse o ministro Peters. Segundo ele, o Brasil é uma nação prioritária para a Nova Zelândia no âmbito da Estratégia para a América Latina do governo e o acordo consiste em um excelente mecanismo para impulsionar o entendimento mútuo.
O ministro Celso Amorim visitou a Nova Zelândia como ministro das Relações Exteriores do Brasil em 1994 e a parceria demonstra como o relacionamento entre os dois países cresceu desde então.

Para participar do processo de seleção, os brasileiros devem ter entre 18 e 30 anos de idade e poderá, a princípio, trabalhar por períodos curtos para sustento próprio.

No entanto, se o objetivo final for trabalhar, deve-se aplicar para um visto de trabalho.