O desafio da seleção é, agora, a Copa das Confederações

0
378

Time de Dunga estréia nesta segunda, contra o Egito, de olho no bicampeonato

Depois da vitória sobre o Paraguai por 2 a 1, no Recife (Pernambuco), pelas Eliminatórias da América do Sul, a seleção brasileira já está na África do Sul para a disputa da Copa das Federações. A competição começa neste domingo e o Brasil tenta defender o título conquistado na última edição do torneio, há três anos. A equipe treinada por Dunga está no grupo B da primeira fase, ao lado de Itália, Estados Unidos e Egito, adversário de segunda-feira,
Das sete edições da Copa das Confederações disputadas até hoje, o Brasil esteve em cinco. A primeira conquista veio em 1997, na Arábia Saudita (palco das três primeiras edições), com Zagallo como técnico e Dunga capitão.
Também levamos o caneco em 2005, um ano antes do Mundial da Alemanha, com direito a goleada de 4 a 1 sobre a rival Argentina na decisão. No banco de reservas estava o treinador Carlos Alberto Parreira. A França é a outra bicampeã, com títulos conquistados em 2001 e 2003.

A atual comissão sabe técnica não quer repetir o que ocorreu na edição anterior da Copa das Confederações, quando demonstrou grande futebol e conquistou o torneio preparatório, mas acabou decepcionando no Mundial da Alemanha, no ano seguinte. “Os jogadores que estavam naquela Copa do Mundo aprenderam muita coisa. Mas isso não significa que temos que ir mal na Copa das Confederações para ir bem no Mundial. Podemos disputar as duas competições em alto nível, até porque o Brasil só entra para ganhar
O Brasil está próximo de garantir presença no Mundial de 2010, que acontece daqui a um ano. “Serve como uma arrancada. Sempre dissemos que o grande objetivo é a Copa. Fizemos dois jogos maravilhosos pelas eliminatórias, e a Copa das Confederações é a competição que dá uma preparação para o Mundial”, opinou o goleiro Júlio César. O próximo compromisso pelas eliminatórias é contra a grande rival, Argentina, dia 5 de setembro, em Buenos Aires. O time de Dunga lidera as Eliminatórias Sul-Americanas, com 27 pontos, e a Argentina ocupa apenas a quarta colocação, com 22. Para piorar a situação dos hermanos, Equador e Uruguai venceram seus compromissos nesta rodada, se aproximaram na tabela e ameaçam deixar os argentinos de fora do Mundial.

Jogos do Brasil na Copa das Confederações

15 de junho
Brasil x Egito
18 de junho
Brasil x Estados Unidos
21 de junho
Brasil x Itália

Obs: os dois times melhores colocados na primeira fase passam para as semifinais.