O melhor do fotojornalismo mundial chega ao Brasil

0
549

O Rio de Janeiro é a única cidade brasileira a receber, neste ano, a exposição World Press Photocom as mais impressionantes e variadas imagens do fotojornalismo em todo o mundo. A mostra foi aberta ao público terça-feira (10), na Caixa Cultural, no centro do Rio, e vai até 12 de julho, em temporada que coincide com a Copa do Mundo no Brasil. São 143 trabalhos, divididos em nove categorias, que trazem uma síntese do melhor que o fotojornalismo produziu ao longo de 2013.

As fotos premiadas pelo júri internacional do evento refletem as facetas da intolerância humana, como a guerra civil na Síria, o drama das migrações africanas e também a beleza natural do planeta ameaçada pela devastação. O prêmio principal do concurso, o mais importante do jornalismo visual, foi para a foto Signal, do norte-americano John Stanmeyer para a revistaNational Geographic.

Ao todo, foram avaliados para esta edição da World Press Photo 98.671 trabalhos de 5.574 fotógrafos de 132 países. A mostra de 2014 contempla 53 fotógrafos de 25 nacionalidades, mas desta vez o fotojornalismo brasileiro ficou de fora da seleção.

O júri internacional do concurso em 2014 contou com a participação de um brasileiro, Luciano Candisani. “Nós, do júri, seguimos o critério de identificar as imagens que, a um só tempo, chamam a atenção pelo conteúdo e pela estética, e encantam tanto quanto informam”, diz Candisani, que trabalha para a National Geographic. Os organizadores da mostra apostam em atrair para a edição deste ano não só o público carioca, mas também os turistas que estão na cidade por causa da Copa do Mundo.