O que a comunidade espera para 2010?

0
732

Fizemos esta pergunta a vários brasileiros do sul da Flórida e os desejos para o Ano Novo são bem diversificados: houve quem pedisse, claro, pela reforma imigratória, outros não esqueceram do tradicional paz no mundo e um dos entrevistados quer “apenas” continuar vivo. Nós, do AcheiUSA, torcemos para que todos os votos da comunidade sejam atendidos.

Gilberto Garcia, trabalhador da construção civil: “Se chegar vivo ao final de 2010 já tá bom. Só isso”.

Bárbara Rocha, promoter: “Que em 2010 a nossa vontade de superação seja maior do que qualquer dificuldade que enfrentemos pelo caminho”.

Pedro Lessa, engenheiro de computação: “Peço pela melhora na economia americana, aí tudo vai melhorar. A aprovação de um plano de saúde para os imigrantes também seria bom, pois é um absurdo pagarmos fortunas pelo atendimento médico”.

Fátima Giovanini, artista e empresária: “Quero um 2010 repleto de muita paz, amor, prosperidade e união entre os brasileiros aqui no sul da Flórida”.

Antonio Adolfo, músico: “O brasileiro no sul da Flórida já prestigia bastante a sua cultura e torço para que, em 2010, essa seja a via que vai tornar a nossa comunidade mais inserida e aceita na sociedade americana”.

Josélia Fernandes, dona de casa: “Nossa, pensei em tanta coisa. Mas acho que o principal é paz no mundo. O resto vem como consequência”.

Márcia Elisa, profissional liberal: “O ano deve trazer, finalmente, uma definição sobre uma nova lei de imigração para acertar a vida de milhões de indocumentados. No plano pessoal, peço somente muita paz e tranquilidade”.

Daniel Gomes, empresário: “Espero para 2010 me tornar um homem ainda mais cristão. Quero ser um marido, pai e amigo melhor do que fui este ano e peço que finalmente possa consolidar o meu projeto de trabalhar com o futebol. Em relação à comunidade, meu desejo é que sejamos menos individualistas e mais unidos, prestigiando somente os atos corretos”.