Onda de frio deixa seis mortos no México

0
690

Duas pessoas morreram nas últimas horas no México devido a uma onda de frio que afeta grande parte do país, cujas temperaturas chegam a até nove graus abaixo de zero, o que elevou para seis o número de mortos.

No Estado de Chihuahua (norte), autoridades da Proteção Civil descobriram uma pessoa morta por hipotermia. Trata-se de um professor de língua indígena que dormiu na rua após ingerir bebidas alcoólicas.

Enquanto isso, na cidade ocidental de León, estado de Guanajuato, a Procuradoria local confirmou a morte de um indigente.

Na capital de Chihuahua, duas pessoas ficaram gravemente feridas após uma explosão causada por um aquecedor portátil.

Laura Terrazas, 29, e seu marido, Antonio Olivas, 30, sofreram queimaduras de terceiro grau pela acumulação de gás na casa, devido a uma fuga no aparelho.

Ao menos três casas desabaram na explosão, informou Alfredo Rivera, porta-voz da direção de Segurança Pública Municipal de Chihuahua.

Outras oito pessoas ficaram com feridas menores por causa desse acidente, informaram as autoridades.

Na capital mexicana, os termômetros marcavam ontem 2 graus abaixo de zero. Além disso, caiu a primeira nevasca da época na colina de El Ajusco, uma das principais em volta da capital, no oeste da cidade.