Para Fidel, EUA só sofrerão atentados se não quiserem impedi-los

0
563

da Folha de S.Paulo

O governo americano tem capacidade para evitar qualquer atentado em seu território, a menos que seja de seu interesse político deixá-lo acontecer, afirmou o ditador cubano Fidel Castro em artigo publicado neste domingo pelo jornal “Juventud Rebelde”.

“Qualquer ataque contra sua população ele pode evitar, exceto se tiver necessidade do estardalhaço para prosseguir e justificar a brutal guerra que decretou contra a cultura, a religião, a economia e a independência de outros povos”, afirmou Fidel, referindo-se a declarações de altos oficiais de Washington.

O secretário de Segurança Interna norte-americano, Michael Chertoff, declarou terça-feira que tinha “a intuição” de que os Estados Unidos estão enfrentando neste verão um alto risco de atentados terroristas.

Em seu artigo, o de número 27 desde 29 de março, sob o título de “Bush, a saúde e a educação”, Fidel afirmou que Washington “vê e escuta tudo, com ou sem autorização legal, e pode obter a informação de segurança que precisa sem seqüestrar, torturar ou assassinar em prisões secretas”.