‘Pega’ de carros entre brasileiros acaba com morte

0
732

Eduardo Dias, de apenas 25 anos, foi a vítima fatal

Uma brincadeira irresponsável de um grupo de brasileiros de Boston tirou a vida de Eduardo Dias. Ele estava no banco de passageiros de um Nissan Maxima, que se chocou contra um Infinity G35, e teve morte instantânea. As investigações mostraram que os dois veículos trafegavam a alta velocidade (mais de 100 milhas por hora, segundo testemunhas disseram em um blog) e participavam de um ‘pega’. Outros cinco brasileiros ficaram feridos na batida.

O acidente aconteceu na madrugada do último domingo, em Norton, e o relatório policial mostrou que os dois carros capotaram pelo menos 10 vezes antes de atingirem árvores na beira da Route 495. Eduardo Dias, de apenas 25 anos e que morava em Hyde Park, teve morte instantânea devidos aos ferimentos. Ele foi enterrado na última terça-feira, na presença da família, que é de goiânia.

Juliano Da Silva e Patrick Brandão, brasileiros de Brockton, estavam ao volante dos veículos, onde estavam ainda Luiz Dias, Johnathan Alves e Wilson Fernandes, alguns deles não usavam cinto de segurança. A pista da rodovia ficou fechada por cerca de sete horas, para que as equipem finalizassem o trabalho de resgate das vítimas e a limpeza dos destroços.

A polícia ainda não indiciou os motoristas brasileiros. Nos Estados Unidos, a condenação para quem pratica quem pratica ‘pegas’ (ou drag racing, em inglês) pode representar até dois anos de prisão.