Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
2429
Imigração em Dia

Colaborou Renata Castro, advogada com escritório em Pompano Beach, telefone (954) 204-0393.

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com

Sabemos que caso o ICE bata na porta do imigrante, a pessoa não é obrigada a abrir, mas e se eles retornam com uma ordem do juiz não seria pior? Qual a melhor alternativa? 

Renata – Quando uma agência policial vai até o local de residência de um indivíduo, é preciso um mandato de busca e apreensão de uma pessoa ou itens em questão. Se o individuo que mora nessa casa se encontra fora de status não há garantia de que o ICE saiba quem é o residente, ou que eles voltarão com um mandato de busca. Infelizmente não há alternativa 100% segura ou garantida de evitar uma apreensão imigratória para indivíduos que se encontram fora de status. Infelizmente a discriminação em certos locais de maior concentração de imigrantes existe, portanto, talvez seja recomendado não residir nessas áreas. 

Morei nos EUA como AuPair por dois anos e nesse período comecei um relacionamento. Hoje eu e minha namorada estamos juntas há dois anos. Voltei para o Brasil em abril desse ano e logo tentei o visto de estudante e foi negado. Decidimos então que vamos dar entrada no visto de k1, mas vi que está demorando bastante esse processo.  Existe a possibilidade de eu tentar aplicar para o visto de turista? 

Renata – Se você já tentou o visto de estudante e foi negado, não recomendo que você entre/tente o visto de turista, já que pode ficar constatado que você solicitou tanto o visto de turista como o de estudante já com a intenção de residir nos EUA. Essa violação pode requerer, então, um perdão pela fraude, aumentando ainda mais seu tempo de espera no Brasil. 

Eu tenho green card, pois casei com uma americana e quero passar para meu filho que tem 17 anos e mora no Brasil. Eu posso fazer isso?  

Renata – Sim, e deve! Na verdade, tanto você quanto a madrasta americana podem passar o benefício imigratório. 

Meu irmão é cidadão americano, gostaria de saber se eu poderia pedir o green card por ele. É demorada essa aquisição do green card por meio de irmão? 

Renata – A petição por irmãos hoje classificada na categoria F4 leva em média 14 anos. Sugiro que faça a mesma, pois o tempo passa indiferente da protocolação do pedido, e com o atual governo Trump sempre existe a ameaça de que essa categoria acabe. 

Gostaria de saber se quem tentou entrar nos EUA no ano de 2002 com um passaporte falso, foi deportado do aeroporto mesmo e nunca mais tentou entrar de forma ilegal, tem chances de conseguir o perdão? Esse é o caso do meu marido. Consegui o visto para mim e minhas filhas, mas para ele foi negado e o cônsul pediu que procurasse um advogado. 

Renata – Existe a possibilidade de solicitar um perdão dentro da categoria Hranka para obtenção de um visto, mas no atual clima político, acho pouco provável a obtenção do mesmo. 

Eu entrei no EUA com visto de noiva em setembro de 2018, porém não me casei e já se passou a permanência. Tenho Social Security e permit de trabalho. Existe algum visto que posso mudar pra ficar legal? 

Renata – Talvez se você qualificar para um visto T – para vítimas de tráfico humano, você possa, mesmo não tendo casado com o solicitante do seu visto K-1, se documentar. Além disso, se você vier a casar com um cidadão americano, você pode se documentar mediante solicitação de indulto (waiver) concomitante a solicitante ao recebimento do green card por casamento. 

Isenção de responsabilidade: As informações contidas nesta resposta são fornecidas apenas para fins informativos e não devem ser interpretadas como aconselhamento jurídico sobre qualquer assunto, nem devem ser vistas como estabelecendo uma relação de cliente advogado de qualquer tipo.