Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
6008
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Ludo Gardini, advogado com escritório em Pompano Beach (FL), telefone (855)337-8440


Sou brasileira e moro há 5 anos no Rio de Janeiro com meu companheiro (não somos oficialmente casados). Ele nasceu nos EUA e veio para o Brasil com 3 anos, portanto, ele tem dupla cidadania. Gostaríamos de morar um tempo nos EUA, mas dentro da legalidade e gostaríamos de saber qual seria o melhor caminho para isso: se devemos nos casar aqui no Brasil e dar entrada em algum processo lá fora ou se casar nos EUA, entrando no território americano com meu visto de turista?

Gardini – Cara leitora, a forma correta de se fazer isso seria de casar no Brasil e fazer o processo de green card via consulado americano no Brasil, todo o processo é feito via EUA, ou seja todos os formulários devem ser feitos via EUA, esse processo deverá levar em torno de 10 meses. Uma outra forma que as pessoas fazerem que geralmente é mais rápido, você entra com o visto, espera de 45 a 60 dias casa e da entrada na green card aqui dentro. Você não pode sair enquanto o seu green card não for aprovado que deve levar em torno de 5 meses.

Minha irmã é cidadã americana e moro com minha mãe no Brasil. Minha irmã vai pedir os documentos para minha mãe. Fiz 18 anos esse ano, ela pode pedir para mim também?

Gardini – Sim, sua irmã cidadã pode e deve pedir para você, o processo de irmã para irmã leva em torno de 12 anos. Uma outra opção que pode ser mais rápido é em caso sua mãe recebe o green card e logo em seguida ela pede para você, fazendo assim isso deveria demorar 7 anos.

Tenho residência permanente desde 2009 que obtive através do casamento com minha ex- esposa, estamos em processo de divórcio, e após o divórcio pretendo aplicar para a cidadania. Tenho uma dívida com IRS já negociada te tenho passado em média 6 meses no Brasil nos últimos 2 anos, não 6 meses direito, o máximo que fiquei no Brasil foi 4 meses seguidos. Essas duas coisas me causariam algum problema para aplicar para a cidadania?

Gardini – Se você estiver em um plano de pagamento com o IRS isso não deveria ser um impedimento para você poder fazer a cidadania. Com referência ao tempo de permanência de Brasil a conta é a seguinte nos últimos 60 meses (5 anos) você tem que passar 31 meses dentro dos EUA ( 2,6 anos) e não precisa ser seguidos e o ultimo não pode ser direto fora dos EUA.

Estive nos Estados Unidos por dois anos com visto de turista. Voltei ao Brasil  e na minha volta, tive meus documentos perdidos ou extraviados durante o meu último voo, inclusive meu passaporte com visto de mais oito anos. Dei entrada em um novo visto, fui a São Paulo e tive meu visto negado e o cônsul me disse que tenho de pagar uma penalidade de dez anos para poder retornar ao País. Existe alguma forma de obter perdão para essa penalidade?

Gardini – Sim existe um perdão para quem teve o visto de turista e cometeu uma infração na imigração. Este perdão somente é concedido em casos extremos e muito difícil de ser conseguido. Ou seja, se você não tiver um caso extremo que seja necessário para uma viagem para os EUA o perdão não será concedido e o castigo é de 10 anos e ainda existe o risco de mesmo após 10 anos o se pedido de visto não ser aprovado, pois o visto americano não é considerado um direito e sim um privilégio.

Tenho uma filha com oito anos de idade que nasceu nos EUA,  hoje moramos no Brasil,  quando ela nasceu eu  era imigrante  e estava ilegal,  quando poderei ser  beneficiada pela cidadania dela?   

Gardini – Quando sua filha completar 21 anos de idade, e caso você não tenha quebrado mais a lei dos EUA ela poderá aplicar para um green card para você.

Eu e meu esposo moramos ilegalmente nos EUA e em outubro de 2016 faz 10 anos que voltamos ao Brasil. Tenho 3 filhos americanos 19 anos 15 e 10 anos eles não querem mais viver no Brasil. Estamos querendo ir ao Consulado e falar a verdade e pedir para acompanhar as crianças e pedir perdão se for necessário. Temos alguma chance?

Gardini – Provavelmente não, mas a boa notícia é que seu filho em 2 anos completa 21 anos e ai sim ele vai poder aplicar para que vocês recebam o green card, na minha opinião vale a pena esperar os dois anos e não tentar fazer nada de errado que comprometa esse green card que agora está tão perto. Lembre-se que não existe perdão de filho/a para pai/mãe.