Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
4943
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Brasílio Machado, advogado com escritório em Miami (FL), telefone (305)400-0867.


Apliquei para o asilo político já faz alguns meses que estou esperando a longa fila da Florida até o dia que chegue minha entrevista (por volta de 2019). Já recebi a work permit e o social security e consegui um bom trabalho. Minha empresa quer que eu viaje para a Europa e América Latina a trabalho, no entanto como não tenho o green card e estou com status pendente, não posso sair do país. Existe alguma maneira de conseguir sair do país a trabalho estando em status pendente de asilo? Li alguns casos sobre a permissão de viagem, mas em todos os comentários li que não é garantido que a imigração te deixe entrar novamente no pais. É um alto risco?

Brasílio – Sim, você pode pedir a autorização de viagem. A imigração reserva o direito de reavaliar sua situação quando você retornar ao País. Não posso lhe dizer qual seria seu risco, pois não tenho detalhes de seu caso e cada caso tem seu fatores independentes.

Estive nos EUA em 2014, sou diabético, por conta disso acabei passando quatro dias em um hospital de Boca Raton, e por dificuldades financeiras não paguei a conta hospitalar. Entrei com visto de turismo e permaneci por 2 meses em Boca, após retornando legalmente ao Brasil. Por conta disso existe alguma implicância para meu retorno para turismo novamente?

Brasílio – Normalmente essa conta seguirá pendente em seu nome. Não posso lhe dizer se isso afetará seu retorno aos EUA porque normalmente casos de inadimplência são casos cíveis.

O asilo político pode ser aplicado depois de mais de 6 anos nos EUA, ou só pode aplicar na entrada? E se seu filho tem um problema e precisa de uma escola especial tem alguma lei que os pais podem aplicar para conseguir documentos?

Brasílio – A aplicação de asilo dever ser submetida com o Dept. de imigração antes de 1 ano da entrada nos EUA. No momento não existe legislação que autorize a legalização por ter nenhum tipo de problema físico ou mental.

Sou brasileira, casada legalmente (aqui no Brasil) com americano. Contudo residimos no Brasil, gostaria de saber se mesmo residindo por aqui se há a possibilidade de meu marido solicitar cidadania americana para mim? Em caso positivo como seriam os trâmites? Demora muito? Vocês fazem isso?

Brasílio – Sim existe a possibilidade de que ele faça a petição para sua residência (green card) caso forem residir nos EUA. Esse processo pode levar uma média de 9-12 meses dependendo do caso. Sim, nosso escritório faz todos os tipos de processos imigratórios.

Morei nos EUA de 2003 a 2007, entrei com visto de turista e permaneci ilegal no pais. Tive um filho americano que completará 10 anos. Meu visto expirou em 2008 e não o renovei por acreditar que seria difícil conseguir tal renovação. Ano que vem fará 10 anos que voltei. Na sua opinião posso tentar novo visto ou é melhor aguardar até que o período de 10 anos se complete? Tenho emprego fixo, declaro IR e possuo bens aqui no Brasil. Ouvi dizer que quando meu filho completar 16 anos posso emancipa-lo e ele aplicar por mim. Isso procede? Agradeço sua atenção e aguardo resposta.

Brasílio – Minha opinião seria de que espera os 10 anos de seu retorno ao Brasil completarem antes de pedir um visto. Seu filho poderá fazer pedido de residência para você quando tiver 18 anos porem ele tem que demonstrar habilidade financeira para poder requisitar sua residência.

Tenho uma irmã americana, ela veio ao Brasil com oito meses apenas, hoje ela tem 12 anos. Gostaria de saber como que ela pode me legalizar no País?

Brasílio – Ela primeiramente tem que atingir a maioridade legal de 18 anos, e o pedido de residência via irmãos e um processo que não qualifica de prioridade imediata e tem uma grande demora, no momento aproximadamente oito anos.