Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
6202
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Ludo Gardini, advogado com escritório em Pompano Beach (FL), telefone (855)337-8440.


Eu tenho a dupla nacionalidade e entrei em Miami com meu passaporte italiano e fiquei ilegal por 1 ano e 2 meses, eu estou pretendendo ir no fim de ano com minha esposa passar o réveillon em NY.  Você acha que eu posso  ter problemas para entrar novamente uma vez que fiquei ilegal? Atualmente moro na Noruega e tenho residência fixa. Tenho que solicitar perdão?

Gardini – Sim, eu acho que você poderia ter problemas, isso poderia fazer com que você seja removido (deportado) do aeroporto ao tentar entrar nos EUA. Mas, isso é uma possibilidade somente. Com o passaporte Italiano você poderia ter ficado no máximo 90 dias, seu castigo seria de 3 anos, pois você ficou menos que um ano ilegal. Caso os 3 anos já tenham passado, não seria necessário um perdão, mas isso não quer dizer que eles vão deixar você entrar.

Minha avó é cidadã americana, ela financiou o green card para minha mãe há 10 anos. Recentemente ela financiou para duas tias e uma neta. Gostaria de saber quem seria a pessoa melhor indicada para pedir o meu green card? Minha avó ou minha mãe?

Gardini – Sua mãe, sua avó não pode aplicar para você, ela poderá “financiar” para você como sendo a sua “sponsor” caso sua mãe não tenha a renda suficiente para poder ser a sua “sponsor”

Estou nos EUA desde do início deste ano, vim com visto de estudante F1 estudar em uma faculdade no Colorado com bolsa de estudos para jogar futebol aqui. Vou mudar agora de universidade e isso vai gerar um outro I20.  Seria possível minha esposa tirar o visto F2 no Brasil usando meu novo I-20 mesmo eu já estando aqui?

Gardini – Sim, seria possível. O F2 da sua esposa será baseado no novo I-20 da sua nova escola, mas lembre-se que ser possível não é garantia que ela receberá o visto F-2.

Gostaria de saber se tem algum limite de dias por ano que um turista brasileiro pode permanecer nos Estado Unidos? Não estou me referindo por viagem e sim anualmente, eu sei que o limite de permanência como turista é de até 6 meses por visita. Ouvi falar que, um turista que venha com frequência para os Estados Unidos não pode exceder número X por ano, caso isso aconteça, será penalizado. Gostaria de esclarecer essa dúvida.

Gardini – São vários fatores que são levados em consideração. Basicamente, a regra é a seguinte: nos últimos 12 meses a pessoa tem que passar mais tempo no Brasil do que nos EUA. A imigração levará outros fatores em consideração como: o motivo da sua viagem; a sua situação financeira no país de origem; a sua intenção (se a imigração determinar que você tema intenção de imigrar ou trabalhar nos EUA eles podem impedir a sua entrada).

Minha enteada é menor de 21 anos e está pensando em solicitar um green card pois sua mãe é cidadã americana. Ela cursa Universidade no Brasil e gostaria de se formar e só depois ir morar nos Estado Unidos (irá se formar com 22 anos). Gostaria de saber qual é o prazo máximo que ela tem para mudar para os Estados Unidos após conseguir o green card.

Gardini – Ela poderia ficar até 2 anos no Brasil com o pedido de advanced parole (I-131) sem ter a necessidade de residir nos EUA. Isso daria a ela o tempo necessário para

O filho de um amigo esteve aqui no mês de janeiro, e os pais queriam que ele ficasse morando aqui, e matricularam ele em uma escola pública, a qual ele frequentou por uma semana, mas não se adaptou a escola e quis voltar para o Brasil. Ele quer voltar para visitar os pais que são ilegais, ele pode ter problemas?

Gardini – Sim, ele poderia ter problemas, mas isso não quer dizer que ele vai ter problemas, se ele for menor de idade – 18 anos – geralmente não há um castigo, mas isso não quer dizer que ele conseguirá entrar nos EUA novamente, se a questão dele foi somente uma semana na escola mas ele nunca ficou além da permanência, não deveria haver um problema muito grande. Outra questão é dos pais estarem ilegais aqui nos EUA, isso poderia atrapalhar um pouco também.