Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
3877
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Ludo Gardini, advogado com escritório em Pompano Beach (FL), telefone (855)337-8440.


Sou um aposentado de 60 anos, e tenho uma empresa nos EUA, três contas bancarias. Todo mÊs, eu transfiro $3000 dólares para essas contas.  Minha ideia é comprar em 2018, um pequeno apartamento na Flórida de aproximadamente $80 ou $100k. Eu e minha esposa queremos ir a passeio e passar três ou quatro meses por ano. Posso comprar imóvel sem social security? Estou fazendo alguma besteira aos olhos da imigração?

Gardini – Você pode comprar imóveis nos EUA sem social security, isso não é besteira nos olhos da imigração. Os problemas serão: 1) para financiar o imóvel, caso seja necessário – geralmente o pagamento inicial e os juros são mais altos; 2) você não pode “morar” nos EUA ou mesmo se aposentar nos EUA, sem a documentação correta: 3) você não pode trabalhar nos EUA. Como regra a cada 12 meses você tem que passar mais tempo no Brasil do que nos EUA. Por exemplo você não vai poder ficar 4 meses nos EUA e 1 ou 2 meses no Brasil e fazer isso por várias vezes, eventualmente isso poderia te dar problemas.

Fiquei ilegal 30 dias apenas em 2015 nos EUA e nunca trabalhei. Gostaria de passar minhas férias em Miami no próximo ano. Terei algum problema na minha entrada?

Gardini – Tecnicamente, isso poderia dar problemas. Por lei não existe castigo para você. Mas ao mesmo tempo não quer dizer que você vai conseguir entrar. Se houver problemas tenha certeza que você terá uma explicação muito boa para ter ficado aqui 30 dias a mais do que o permitido.

Meus pais moraram ilegalmente nos EUA durante 10 anos (1991-2001) e eu nasci em 1995 na Califórnia. Em 2001 meus pais retornaram para o Brasil, e desde então nunca mais retornaram para o EUA. Em dezembro de 2018 queremos viajar para Los Angeles. Meus pais não solicitaram o pedido de perdão, mas já tem 16 anos que está no Brasil, tem algum problema?

Gardini – Eles vão precisar tirar um visto, meu conselho é para que eles não contém nenhuma mentira para obter o visto, pois se for considerado fraude isso é um castigo permanente, que não vence depois de 10 anos.  Como já faz mais de 10 anos que seus pais moraram aqui eles pagaram o castigo e não precisam de um perdão, mas isso não quer dizer que eles vão conseguir o visto.

Minha avó é cidadã americana e em 2009 ela aplicou para o green card para minha mãe, porem ela colocou meu nome também (neto) na aplicação para ganhar o GC junto, na época eu era menor de idade porem no momento já estou com 22. Gostaria de saber se tenho direito ao GC junto com minha mãe ou se somente ela receberá? E em que ano está sendo chamado no momento?

Gardini – Isso é um pouco mais complicado, pois envolve o estatuto de proteção à criança, ainda não sei te dizer se você vai ser incluído na petica da sua mãe, se sua mãe for divorciada ou solteira já estão chamando as pessoas de 2011, se sua mãe for casada ainda falta 4 anos, pois estão chamada as pessoas com petição de 2005

Vim para os Estados Unidos a passeio em junho de 2017, vou voltar antes que vença os meus seis meses de permanência. Neste intervalo me mantive aqui porque comecei a namorar com um americano. Pretendo sair agora em dezembro de 2017 e retornar em fevereiro de 2018 para reencontrar meu namorado. Consigo entrar normalmente?

Gardini – Provavelmente sim, mas pode ser que você seja levada para uma segunda inspeção.