Pergunte ao advogado: as dúvidas de imigração dos leitores

0
3495
Imigração em Dia

Envie sua pergunta para imigracao@acheiusa.com, que ela será respondida na medida do possível.

Renata Castro, advogada com escritório em Pompano Beach, telefone (954) 204-0393.


Casei em novembro do ano passado com um peruano e que tem seu green card aqui em New York. Meu visto é de turista e a imigração me cedeu 6 meses, podendo ficar até janeiro desse ano. Saímos do país antes do réveillon, pois tínhamos um casamento pra irmos ao Canadá. Agora em janeiro voltamos e a imigração carimbou meu passaporte até julho desse ano. Fomos em um advogado para dar início aos meus papéis e o processo todo irá durar quase um ano.  O problema é que teremos nossa celebração de casamento no religioso agora em maio no Brasil e ela recomendou que eu ficasse. Ela disse que posso até sair dos EUA, mas seria um risco, pois a imigração veria que eu estive aqui muito tempo. Ela recomendou que eu cancelasse minha celebração no Brasil, mas não pretendo. Você acha que é arriscado?

Renata – Sim, é  provável que mesmo que você entre novamente nos Estados Unidos com seu visto de turista, a sua entrada seja considerada fraudulenta e crie um impeditivo no seu caso e se faça necessário um indulto (waiver) pela intenção de imigrar no momento da entrada. Concordo com sua advogada.

Estou nos Estados Unidos desde maio de 2017, com minha permanência vencida desde de novembro de 2017. Tenho retorno marcado para o Brasil em abril deste ano, pois sou tripulante da Latam e tirei uma licença de dois anos e vim para cá pra tentar uma vida melhor. Quando voltar desta vez tripulando usando visto D poderei ser barrada na entrada aqui nos EUA? Tenho a intenção de ir até o consulado Brasileiro em São Paulo para explicar minha situação, uma vez que meu visto D vence em 2021.

Renata – É possível sim que você seja penalizado em sua entrada em virtude da violação anterior. Discuta com uma advogada a possibilidade de um perdão.

Dei entrada na petição I-130 com o objetivo de conseguir o green card através da cidadania da minha mãe há 9 meses, porém não sei como anda o processo. Gostaria de saber se eu poderia tirar meu visto de turista e fazer uma viagem para os EUA em busca de informações concretas sobre meu caso, ou se interferiria no processo da petição. Desde já agradeço.

Renata – É possível solicitar o visto de turista durante o período de pendência do I-130 desde que você consiga demonstrar elos com seu pais de origem. Se você deu entrada há 9 meses é pouco provável que alguma movimentação relacionada a alocação da quota F3 ou F1 (reservada a filhos adultos de cidadão americano) ocorra em menos de 10 anos. Consulte o visa bulletin e uma advogada para minúcias relacionadas ao seu caso.

Sou casado com uma cidadã americana, moramos no Brasil e gostaria de saber se podemos dar entrada nos papeis para pedido de visto para mim no Brasil  ou ela teria que ir para os EUA e eu ficar aqui esperando?

Renata – No seu caso é mais econômico e rápido que faça a solicitaçao do green card no Brasil, o que levaria em média 1 ano.

Meu pai possui green card aqui nos Estados unidos, eu vim com visto de turista há um ano. Sou maior de 21 anos solteiro, consigo obter o green card a partir do meu pai?

Renata –  Sim, mas será necessário um indulto (waiver) em virtude do período que você acumulou fora de status dentro dos EUA.

A mãe da minha namorada casou recentemente nos EUA, e aplicou a documentação para passar o green card para ela, que tem 21 anos, e já tem o visto. Após ela conseguir o green card tem alguma forma de passar pra mim?

Renata – Se a sua namorada já tem mais de 21 anos, não recebera benefícios com a mãe. É preciso que sua namorada seja legalizada antes de poder iniciar qualquer tipo de tramite imigratório para você.