Polícia de SP caça serial killer

0
664

Criminoso pode ter matado 13 homossexuais

A polícia segue uma nova pista na busca pelo assassino de 13 pessoas no Parque do Paturis, em Carapicuíba, na Grande São Paulo. No local, que é um conhecido ponto de encontro de homossexuais durante à noite, 13 homens foram mortos entre julho de 2007 e agosto de 2008. De acordo com as investigações, todos eram gays e nenhuma das vítimas tinha antecedentes criminais. Segundo a polícia, essas mortes podem ter ligação com outros três assassinatos semelhantes que aconteceram em Osasco, cidade vizinha a Carapicuíba.

O delegado do caso, Paulo Fernando Fortunato, acredita que as mortes em Osasco seguem as mesmas características de crimes em série, motivados pela intolerância a homossexuais. “Eles já foram identificados e o assassino usou uma arma utilizada nas mortes no Parque dos Paturis. É uma pista boa que estamos seguindo”, disse o delegado, sem revelar muitos detalhes da investigação. O criminoso de Osasco seria freqüentador do Parque dos Paturis.