Polícia prende três acusados do naufrágio que matou brasileira

0
557

A polícia da Ilha de Saint Marteen, no Caribe, prendeu no fim de semana, três homens acusados de pertencer a uma quadrilha que tentava trazer imigrantes ilegais para os Estados Unidos. Eles seriam os responsáveis pelo barco que afundou na madrugada do dia 1 de julho matando a brasileira Silvinha da Silva Braga, de 45 anos, e outras duas pessoas ainda não identificadas.
As vítimas, maioria brasileiras, foram obrigadas a entrar no barco mesmo com o mau tempo. Segundo dados revelados pela polícia da ilha, o barco estaria superlotado, com 26 pessoas. Cada uma teria pago em media $16 mil pela viagem.