Pompano Beach pode multar por calçada suja

0
563

Moradores precisam manter o lixo bem acomodado em lixeiras ou pagarão a multa de $50 na conta de água

Joselina Reis

O município de Pompano Beach quer fazer mudanças na coleta de lixo, cobrando multa de $50 (cinquenta dólares) de quem deixar o lixo acumulado na calçada. Por outro lado, o vizinho que denunciar o depósito ilegal de lixo e entulho pode receber $250 (duzentos e cinquenta dólares) como recompensa. A proposta foi aceita em primeira votação, na terça-feira (24), mas ainda precisa ser aprovada pelos vereadores (comissioners) em mais uma sessão antes de ser colocada em prática.

As mudanças foram propostas após uma análise feita pelo Departamento de Serviço Público (Public Works) da prefeitura sobre as condições da coleta de lixo, depósito irregular de entulho e aparência das ruas da cidade de Pompano Beach. O documento inclui a necessidade de estipular um período de divulgação para que os moradores tenham tempo para se adequar as novas exigências. Essas informações serão divulgadas na própria reunião dos vereadores em 11 de setembro.

O diretor do Departamento de Serviço Público, Robert McCaughan, explica que atualmente a multa para quem deixa o lixo entulhado na calçada ao invés de acomodá-lo em sacos plásticos ou lixeiras não é estabelecida em lei. As violações ao código municipal ficam a cargo de um juizado especial e as penalidades variam de acordo com o entendimento do juiz, conta. A falta de consistência seria um dos motivos pelos quais grande parte dos moradores não se preocupa com a aparência das calçadas.

A disposição do lixo residencial deve ser feita com sacos de lixo e/ou em lixeiras plásticas apropriadas. Um dos problemas identificados pela análise da prefeitura foi a sujeira que os moradores deixam em sua próprias calçadas. Lixo fora dos lixeiras não será coletado. O morador terá período de carência de três infrações, depois disso, cada vez que os sacos de lixo estiverem rasgados ou depositados fora da lixeira a multa será de U$50 mais os custos da prefeitura em limpar a calçada. A multa vai ser incluída na conta de água.

Outras mudanças

Entre outras mudanças que a equipe do Departamento de Serviço Público propôs está a criação de uma linha para Disque Denúncia. Através desse número, a ser criado pela prefeitura com apoio do Broward Sheriff Office, fiscais vão poder multar moradores que jogam lixo em locais proibidos.

O texto da proposta votada na terça-feira (24) também incluía a diminuição da frequência da coleta de eletrodomésticos e móveis de duas vezes por semana para uma vez ao mês. No entanto, os vereadores não aprovaram essa sugestão do departamento. Segundo o diretor, Robert McCaughan, a quantidade reduzida das coletas seria o motivo da mudança.

O lixo de construção civil também está na mira da prefeitura e segue para votação em 11 de setembro. Atualmente, apenas uma companhia detêm o direito de coleta das caçambas de lixo, e a proposta abre o mercado para outras companhias, o que deve gerar competição e redução no preço do aluguel que hoje custa $485 por uma caçamba média.