Por apenas 0,0003 milha por hora, Ryan Briscoe é pole em Indianápolis

0
542

Menor diferença já registrada em média horária no Pole Day colocou australiano da Penske na posição de honra nas 500 Milhas

Ele não liderou nenhum dia de treinos livres. Mas na hora em que mais se fazia necessário, o australiano Ryan Briscoe, da Penske, surpreendeu e conquistou a pole position (e um polpudo cheque) para as 500 Milhas de Indianápolis, corrida que acontece neste domingo, dia 27. A margem que o separou do segundo colocado, o canadense James Hinchcliffe, da Andretti, foi a menor da história: apenas 0,0003 milha por hora na média das quatro voltas lançadas, o que representa, em tempo somado de volta, uma diferença de 0s0023. Ryan Hunter-Reay, também da Andretti, fechou a primeira fila com o terceiro tempo.

O Pole Day foi positivo para os brasileiros. Helio Castroneves, da Penske, e Tony Kanaan, da KV Racing Technology, se classificaram entre os nove que tentaram a pole position. No final, Helio ficou com a sexta posição, e Tony preferiu poupar equipamento, registrando o oitavo tempo.

Rubens Barrichello ficou a uma posição de disputar o Fast Nine, ficando na décima colocação, sua melhor posição em uma sessão no super oval. O brasileiro, que disputa pela primeira vez as 500 Milhas (e sua primeira corrida em circuito oval), vai abrir a quarta fila, largando da décima posição.

Bia Figueiredo também andou forte. Com o carro da Andretti, a brasileira vai para sua terceira edição da Indy 500 e marcou o 13º tempo, abrindo a quinta fila para a corrida.

São 24 os pilotos já garantidos na corrida.