Por falta de verba, escolas de Broward planejam cortes de cursos

0
794

Maior parte dos programas suspensos são eletivas nas áreas de artes e esportes

Mais da metade das 210 escolas de Broward (Elementary e High School) planejam interromper alguns cursos eletivos por causa do corte de verbas no Condado. A medida vai afetar, principalmente, os programas nas áreas artística e esportiva e impactará também o salário dos professores, já que as aulas serão reduzidas em 50%. Em alguns casos – como nas unidades de Hallandale Beach e Pembroke Pines – haverá demissões de profissionais, pois a decisão foi pelo corte total de alguns cursos.

Segundo Stephanie Kraft, membro do Conselho de Educação, a opção de cancelamento parcial de algumas cadeiras está longe da ideal, mas há pontos positivos a se tirar da situação, segunda ela: “A maioria dos programas foi apenas reduzida, não eliminada”, justificou a educadora. O condado está tentando ainda promover outros cortes de despesas, pois o orçamento previsto para o próximo ano letivo é de 130 milhões de dólares. Cada escola teve que reduzir seus gastos em pelo menos 6% em relação a 2009, por isso mais dispensas e cortes administrativos não estão descartadas.

Por exemplo, em 27 unidades a decisão foi pelo corte de bibliotecárias e em outras 17 a demissão chegou para os professores de educação física. Algumas escolas vão compartilhar educadores. “Esta não foi uma decisão que tenha nos agradado, mas foi necessária. Estamos vivos, mas não estamos bem”, admitiu outra membro do Conselho, Maureen Dinnen.
Bernie Kemp, presidente da Associação de Pais e Mestres (Parent Teacher Association) de Broward, diz que está conformado. “O que eles podem fazer? Não é apenas aqui no nosso Condado, mas o país inteiro está cortando custos”, afirmou.