Portas abertas para os Dreamers

0
507

Levantamento da FOX mostra que maioria dos pedidos de jovens indocumentados é aprovada

DA REDAÇÃO, COM IMMIGRATION DIRECT – Levantamento da Fox News aponta que, de um total de cerca de 540 mil pedidos de estudantes indocumentados, os chamados Dreamers, recebidos entre 15 de agosto de 2012 e 30 de junho 2013, mais de 400 mil foram aprovados. A estimativa é que 900 mil jovens se encaixam no perfil para solicitação da permissão, porém, pouco mais da metade solicitou o beneficio.

Em 15 de junho de 2012, o presidente Barack Obama anunciou o início do Dream Act, uma iniciativa que tem o objetivo beneficiar jovens estrangeiros que vivem e estudam no país. O projeto do Dream Act surgiu pela primeira vez em 2002 com apoio bipartidário. Em junho do ano passado o Departamento de Segurança Nacional (DHS) anunciou uma Deferred Action que favorece 1.7 milhão de dreamers cujas ordens de deportação ficaram suspensas por dois anos e lhes foi concedida uma permissão de trabalho pelo mesmo período de tempo.

De acordo com o Departamento de Segurança Interna dos EUA, os requisitos para elegibilidade no programa são:

Ter entrado nos Estados Unidos antes dos 16 anos (não importa como).
Ter menos de 30 anos de idade.
Residir continuamente nos Estados Unidos desde 15 de Junho de 2007 até o dia do anúncio, 15 de junho de 2012.

Ter obtido o diploma de 2o grau (high school) nos Estados Unidos, ou ter obtido o GED (equivalência do segundo grau, após exame) ou ter sido aceito em instituição de ensino superior.

Não ter nenhuma condenação na Justiça Americana ou delitos sérios e repetidos. Qualquer pessoa que aplicar para o “deferred action” será submetido a uma verificação de antecedentes criminais (“background check”).

“Deferred Action” é uma forma de proteção que dura dois anos. Não é um green card, também não é um caminho para cidadania americana. O imigrante beneficiado poderá renovar esse status perto do fim dos dois anos, mas terá que passar pelo mesmo processo de revisão de documentos e verificação. Quando o imigrante adquiririr o status de “deferred action” poderá aplicar para o “work permit”, e consequentemente a carteira de motorista.