Praias de Palm Beach fechadas temporariamente por causa dos tubarões

0
388

As praias do condado devem ser evitadas por banhistas e surfistas por estarem infestadas de tubarões

sharks

As águas de Boynton Inlet foram fechadas aos nadadores por cerca de duas horas na tarde desta quinta-feira (7) e a de South Inlet em Boca Raton foi fechada por cerca de uma hora, disse o tenente de Resgate Oceânico do condado de Palm Beach, Brian McManus.

McManus revelou que as condições claras e as águas límpidas facilitam a localização de dezenas de tubarões nadando perto de Boynton Inlet.

Os tubarões também foram responsáveis pelo fechamento de três praias do condado na quarta-feira (6) depois deles terem sido vistos pertos da praia de South Inlet em Boca Raton, de Gulfstream Park perto de Boynton Beach e de Ocean Reef em Singer Island, confirmou o capitão de Resgate Oceânico do condado de Palm Beach, Phil Wotton.

Assim que um tubarão é avistado perto da praia, um guarda-vidas dá a ordem para fechar a praia e mantê-la assim até meia hora depois que o último dos tubarões foi visto.

Na terça-feira (5), os guardas-vidas fecharam a praia de Midtown de Palm Beach depois de dezenas de tubarões terem sido vistos nas proximidades. Os tubarões têm aparecido ao longo da costa em números crescentes nas últimas semanas enquanto migram para o o norte.

Cerca de 50 a 60 tubarões foram vistos pertos da praia de Palm Beach na terça-feira (5), comentou Craig Pollock, supervisor dos guarda-vidas da cidade, os quais confirmaram ter vistos sinais de tubarões diariamente nos últimos meses.

Os tubarões, que gostam de saltar fora da água, normalmente acompanham as ondas que quebram na praia, disse o guarda-vida da cidade de Riviera Beach, Eddie Green.

Ele notou que os tubarões ficam a cerca de 10 a 15 jardas da praia e são vistos diariamente. “Eles estão por aqui todos os dias desde dezembro”, afirmou Green que estava trabalhando na praia de Ocean Reef Park no domingo. “Eles gostam de nossa praia por alguma razão”, brincou.

O especialista em tubarões George H. Burgess avisa que os recentes céus nublados podem dificultar as pessoas de avistarem os tubarões em algumas áreas. “Os tubarões estão na água o tempo todo”, alertou Burgess. “Você não os vê, mas eles estão lá.”