Processos de foreclosure no estado voltam a ser acelerados

0
383

Foreclosures estão aumentando novamente na Flórida, com os financiadores resolvendo os problemas com a papelada

Depois de um ano de refresco, as foreclosures no sul da Flórida voltaram a subir.

Novos relatórios indicam que os emprestadores estão agilizando a retomada dos imóveis.

E isto vem verificando-se acentuadamente nos três condados da região Miami-Dade, Broward e Palm Beach -, segundo os dados divulgados nesta quinta-feira pela empresa de pesquisa imobiliária RealtyTrac.

Embora a atividade de foreclosure em setembro e o terceiro trimestre tenham continuado a registrar níveis bem abaixo do que os de um ano atrás, tornou-se evidente que esta tendência temporária de queda deve mudar de direção, disse Jeff Saccacio, CEO da RealtyTrac.
As repossessões o estágio final do processo de foreclosure cresceram 50 por cento. Em Broward, as repossessões dos bancos aumentaram de 1,397 para 2,296, um salto de 64.3 por cento.

Os totais de foreclosure atualmente estão começando a subir, disse Lloyd McClendon, CEO da casa de leilões imobilários RealAuction.com. De acordo com os dados do RealAuction.com, os leilões em Miami-Dade e Broward neste mês de outubro estão mais de 200 por cento acima do que aqueles realizados em setembro.

Ainda demora 749 dias, em média, para um processo de foreclosure estar completo na Flórida, a terceira média mais alta do país. Com mais de 150,000 propriedades no sul da Flórida presas na corte ou com muitos mutuários atrasados com os pagamentos, isto pode levar anos para ser eliminado.

Nesta quarta-feira, o governador Rick Scott aprovou um empréstimo de $45.6 milhões para o sistema judiciário estadual, e os fundos podem ser usados para liberar muitos casos de hipotecas que se encontram presos nos tribunais. O fundo para as cortes, combinado com emprestadores mais agressivos, pode acelerar o processo de foreclosures.