Produtividade dos EUA fica estável no 3o trimestre

0
635

A produtividade das empresas nos Estados Unidos ficou inesperadamente estável no terceiro trimestre, mostraram dados do governo nesta quinta-feira. Enquanto isso, os custos trabalhistas aumentaram mais rápido que o esperado no período.

Analistas esperavam que a produtividade das empresas subisse 1,3 por cento, ante alta revisada de 1,2 por cento registrada pelo Departamento do Trabalho no segundo trimestre.

O pagamento por hora subiu 3,7 por cento, ante avanço de 6,6 por cento nos três meses anteriores e isso ajudou a levar o crescimento dos custos trabalhistas para 3,8 por cento no terceiro trimestre. Wall Street esperava um aumento de 3,4 por cento.

Os custos unitários de trabalho são um medidor de pressões inflacionárias e de lucro e cresceram 5,3 por cento desde o terceiro trimestre de 2005. O crescimento do terceiro trimestre, foi o maior aumento na comparação anual desde o quarto trimestre de 1982, quando a alta foi de 5,8 por cento.

Autoridades do Banco Central dos Estados Unidos preocupam-se com a possibilidade dos custos trabalhistas impedirem um recuo na inflação, apesar da redução no crescimento econômico.

O Fed interrompeu em agosto uma campanha de elevação gradual dos juros que durava dois anos e desde então tem mantido a taxa em 5,25 por cento, apesar de alertar que os riscos inflacionários continuam existindo.