Professores de Palm Beach com menos carga horária

0
429

Departamento Escolar do condado pretende economizar quase US$5 milhões com a medida

Os professores e os diretores do condado de Palm Beach podem, pela primeira vez, perder dinheiro, de acordo com o plano de balanço orçamentário para o próximo ano escolar de 2011-12.

O Departamento Escolar apoia a proposta de redução de um dia sem remuneração para cerca de 80 por cento dos 21 mil funcionários do distrito escolar, com o objetivo de economizar cerca de US$5 milhões. O distrito fecharia no dia em que os estudantes devem estar de folga, comos nos denominados dia de planejamento do professor.

Este é um dos principais pontos do plano que pretende eliminar um déficit estimado de US$35,2 milhões no orçamento de operações do distrito de US$1,2 bilhão, baseado nos cortes de custeio do estado e no aumento dos custos. As autoridades escolares dizem que esta medida ajudará a limitar o corte de empregos mas mesmo com as licenças forçadas, 485 funcionários já foram notificados que podem ser dispensados depois do término do ano fiscal, no dia 30 de junho.

Ainda é um número significativo de pessoas, mas bem menos do que teríamos de demitir se não adotássemos esta alternativa comentou o superintendente Bill Malone na reunião ocorrida semana passada. A Associação dos Professores, que representa 12.050 educadores, não demonstrou ter aprovado a decisão: Isto tem de ser negociado, ainda não está fechado, garantiu Kathi Gundlach, presidente do sindicato.