Protesto contra a indústria de detenção dos imigrantes

0
556

Grupos pró-imigrantes denunciam negócios envolvendo prisões e deportações

A execução da lei de imigração da Geórgia está enfrentando uma série de protestos em Atlanta, enquanto protestos contra novos centros de detenção de imigrantes estão sendo realizados em Miami e em outras cidades americanas.

A Aliança dos Latinos da Geórgia pelos Direitos Humanos e outros grupos organizaram um dia de não cumprimento de lei no qual os georgianos contra a Lei H.B. 87 em apoio aos direitos dos imigrantes não irão ao trabalho e nem às compras, e donos de empresas fecharão suas portas. Teodoro Maus, presidente da entidade, explica: Marcaremos nossa presença com nossa ausência para que o estado da Geórgia note o papel importante e as contribuiçõs dos latinos no estado.

A Coalizão de Imigrantes da Flórida, com base em Miami, divulgou um comunicado no qual também protesta contra a Lei H.B. 87 da Geórgia, que acelera a detenção de imigrantes, e pede para o presidente Obama parar as detenções e as deportações.

O comunicado acrescenta que empresas particulares de administração de presídios, como a Corrections Corporation of America e The GEO Group, e alguns de seus principais acionistas, fazem contribuições substanciais a políticos envolvidos na colocação em prática da lei anti-imigrantes da Georgia.

De acordo com a Coalizão de Imigrantes, o protesto do grupo, realizado em Miami nesta quarta-feira, apresentou a encenação Máquina de Fazer Dinheiro com Imigrantes, uma performance de teatro silenciosa que exemplifica como os imigrantes estão sendo detidos e deportados em números recorde como um negócio.