Quércia compra torrefadora em NY

0
455

Ex-governador, que também atua no mercado imobiliário e na área de mídia, é o maior produtor de café de SP

A partir de junho, será possível tomar um cafezinho com o ex-governador Orestes Quércia, presidente regional do PMDB. Ou pelo menos freqüentar a nova cafeteria capitaneada por ele em São Paulo, batizada de Octavio, nome de seu pai.
A moderna construção está em andamento na Avenida Faria Lima, uma das regiões comercias mais valorizadas da cidade, em um terreno de 1.600 metros quadrados com direito a dois subsolos de garagem. Além da cafeteria, o lugar terá escola para formar especialistas no ramo.
Quércia, mais conhecido pela atuação na política, é também um especialista em café. Maior produtor do Estado de São Paulo, sua fazenda em Pedregulho (no oeste) tem 5 milhões de pés em 1.300 hectares plantados e emprega 400 pessoas. Produz 25 mil sacas por ano e quer chegar a 40 mil no ano que vem.
Na semana passada, ele fechou mais um negócio no ramo. Adquiriu a torrefadora Dallis Coffee, sediada em Nova York, após dez meses de negociação. A empresa, de 94 anos, é especializada em cafés especiais, ou premium, o mesmo produzido por Quércia no interior paulista. O valor da compra ele não revela, mas relata que a torrefadora fatura US$ 8 milhões por ano.
“A minha família sempre cultivou café. Meu bisavô, que era arquiteto na Itália, veio para o Brasil e tinha uma área pequena. Meu avô e meu pai progrediram mais”, conta Quércia, ao receber a Reuters em seu escritório no Centro Empresarial de São Paulo, complexo de seis edifícios do qual detém 30%.