Rainha Elizabeth chega à Casa Branca para visita oficial

0
559

No penúltimo dia de uma visita de seis dias aos Estados Unidos –a primeira em 16 anos– a rainha Elizabeth 2ª, do Reino Unido, foi recebida nesta segunda-feira pelo presidente americano, George W. Bush, na Casa Branca, em meio a milhares de convidados que se juntaram na entrada do local em busca de um vislumbre da representante máxima da realeza britânica.

Rainha Elizabeth é recebida na Casa Branca por Bush
Bush e sua mulher, Laura, recepcionaram a rainha do lado de fora da Sala Diplomática quando ela e seu marido, o príncipe Philip, chegaram em uma limusine. Os dois casais se cumprimentaram rapidamente antes de realizarem a cerimônia de boas-vindas.

A cerimônia incluiu um desfile de oficiais em vestimentas regimentais. A banda da Força Aérea dos Estados Unidos liderou uma grande procissão militar no local.

Em homenagem à rainha, Bush concordou em ser o anfitrião do primeiro jantar de traje a rigor de sua Presidência, que será animado pela presença do violinista Itzhak Perlman. É o evento mais formal que a Casa Branca pode oferecer, e não aconteceria se não fossem os esforços da primeira-dama e da secretária de Estado dos EUA, Condoleezza Rice, que convenceram Bush a abandonar sua tradicional informalidade.

“Nós tivemos que convencê-lo a optar pelo jantar com traje a rigor”, confirmou Laura Bush. A Casa Branca informou que 7.000 pessoas foram convidadas para a cerimônia de recepção à rainha. Entre elas, há delegações americanas e britânicas, funcionários da Embaixada do Reino Unido nos EUA, convidados dos jantares de Estado, membros do Congresso e do gabinete presidencial, estudantes e outros.

Agenda

Na noite de hoje, 134 convidados retornarão em trajes formais para o jantar de Estado. “Estamos muito excitados para receber Sua Majestade”, disse a primeira-dama na manhã de hoje ao programa de TV “Good Morning America”, do canal americano ABC.

Amanhã, a rainha e Laura Bush farão um tour pelo Children’s National Medical Center (Centro Médico Infantil Nacional). Elizabeth 2ª também planeja plantar uma árvore na casa do embaixador britânico nos EUA, além de visitar o centro de vôo espacial Goddard, da Nasa, e o Memorial da Segunda Guerra Mundial.

Ed Reinke/AP

Platéia vibra no Kentucky Derby, que recebeu Elizabeth 2ª
Na noite desta terça-feira, está planejado um jantar com o casal Bush na embaixada britânica, e em seguida a rainha retornará a Londres.

A visita da rainha começou no Estado da Virgínia, onde ela fez uma homenagem às vítimas do massacre no campus universitário da Virginia Tech. No dia 16 de abril, um estudante matou 32 pessoas no campus antes de se suicidar, no que foi o pior massacre em uma universidade americana na história.

Ela também visitou Jamestown, um local histórico onde, em 1607, se instalaram 104 colonos ingleses, 13 anos antes de os peregrinos do Mayflower desembarcarem em Plymouth, Massachusetts (nordeste). Em 2007 Jamestown comemora os 400 anos do primeiro assentamento inglês permanente nas Américas. A monarca, 81, participou há 50 anos das comemorações dos 350 anos de Jamestown.

No sábado (5), a rainha, apreciadora de corridas de cavalos e que até hoje pratica equitação, assistiu em Louisville ao Derby de Kentucky, uma das mais famosas corridas de cavalo dos Estados Unidos.

Sua última visita ao país foi há 16 anos, em 1991. A visita oficial de Elizabeth 2ª, que durará um total de seis dias, começou na última quinta-feira (3).