Raízes brasileiras

0
488

Programa Manhã Brasileira encerra as atividades do ano letivo com apresentações dos alunos e a certeza de que está valendo a pena

Heliana DeWeese

Danças típicas, canto coral, canções de roda, poesias, crianças animadas, pais orgulhosos e professores dedicados. Junte tudo isso em uma manhã de emoções onde teve de tudo um pouco. De Toquinho, Vinícius de Moraes e Cecília Meirelles ao Mágico de OZ, misturados ao forró e ao rap. A festa de encerramento do primeiro semestre do Programa Manhã Brasileira no último sábado, dia 2 de junho, cantou e encantou, deixando clara a certeza de que o empenho dos professores, alunos, pais, voluntários e da comunidade envolvida está valendo a pena. O programa retoma as atividades em setembro com mais novidades e novas classes.

A diretora Daniela Kiralyhegy anunciou a inclusão de três novas atividades na programação do segundo semestre e com elas, além da aprendizagem técnica, os alunos estarão ao mesmo tempo praticando o português. Uma delas faz parte do projeto ‘Lixo Cientifico’, que será desenvolvido pelo engenheiro de software Ricardo DeLemos, cujo propósito é ensinar as crianças como reciclar, através de projetos científicos. O segundo criará o ‘Espaço Família’, que contará com a participação direta dos pais no desenvolvimento de aulas de aprendizado para os alunos, em suas áreas de experiência ou especialidade como aulas de culinária, literatura e pintura, e promoverá também a discussão de temas livres e de interesse das famílias. A terceira inovação é a formação do ‘Comitê de Eventos’, também constituído pelos pais com o objetivo de criar novas atividades interativas para os alunos fora do horário regular de aulas, como excursões, visitas a parques e museus entre outras. Essas atividades de compartilhamento entre as famílias e os alunos, promovem ao mesmo tempo a participação e o envolvimento entre a comunidade e o programa, completa a diretora.

Ao deixar sua casa de nascença, o imigrante traz também na bagagem a responsabilidade de preservar suas origens. Quando passamos adiante o idioma, os costumes, as tradições e a história que definem as nossas raízes estamos traduzindo nossa identidade para as futuras gerações. Felizmente, a comunidade brasileira tem à disposição vários programas educacionais neste sentido e os brasileiros têm respondido conscientes à tarefa de preservação da cultura brasileira entre suas famílias. Nascidos aqui nos EUA ou no Brasil, essas crianças de hoje e adultos do amanhã terão claro no futuro de onde vieram, valorizando ainda mais o privilégio de crescerem e serem educados em um ambiente multicultural.

Com tempo curto e ocupados com a sobrevivência, muitos pais não encontram tempo suficiente para se dedicarem a esta parte tão importante da educação de seus filhos. Entre outras, algumas barreiras como a distância e o transporte, dificultam o acesso ao programa. Mas, ainda assim o esforço em busca de soluções viáveis vale a pena, começando por informar-se sobre as possibilidades disponíveis na comunidade, selecionado entre aquelas que podem servir a cada caso. Os serviços de transporte coletivo por aqui não abrangem todas as áreas, porém dependendo da localização do interessado pode ser uma solução. Há ainda as caronas entre os pais dos alunos.

Mobilizando-se a comunidade pode se ajudar mutuamente para que mais crianças tenham a oportunidade de aprender sobre suas raízes.

Como programa de educação complementar, a Manhã Brasileira atende no momento a 70 crianças e jovens a partir dos quatro anos de idade, oferecendo uma variada programação, que inclui aulas de português, danças, canto e outras atividades relacionadas à cultura brasileira e também ao ambiente local. A iniciativa é do BBG-Brazilian Business Group, com a proposta de investir na preservação da língua e da cultura entre a comunidade brasileira do sul da Flórida. As aulas acontecem aos sábados no JCC- Jewish Community Center em Boca Raton.

Para mais informações ligue 1-855-224-7577. A ligação é gratuita.