Recuperação a vista

0
606

Presidente do Fed crê no fim da recessão ainda este ano

O presidente do Federal Reserve, Ben Bernanke, afirmou que o declínio do mercado imobiliário, que já dura três anos, pode estar próximo do fundo do poço e que a recessão deve acabar este ano. Em março, Bernanke havia apontado sinais iniciais de uma recuperação econômica, mas em pronunciamento ao Congresso ele foi mais explícito, dizendo que as peças estão no lugar para uma recuperação. Ele reconheceu, no entanto, que o crescimento pode continuar baixo e o desemprego alto, mesmo após o fim da recessão.

“Esperamos que a economia atinja o piso e então mostre reversão mais ao fim do ano”, disse Bernanke a um comitê do Congresso. Nas últimas semanas, os mercados acionários norte-americanos exibiram forte alta, com sinais de que o consumo está se estabilizando e que o declínio do mercado imobiliário está se desacelerando. Mas Bernanke disse que, mesmo após a recuperação, a tendência é que o ritmo seja morno. O desemprego pode atingir o pico somente em 2010, ainda que não deva chegar a dois dígitos.

A fraca atividade econômica deve manter a inflação reduzida, disse Bernanke, sugerindo que o Fed vai manter a taxa de juro baixa ainda por algum tempo. Em dezembro, o Fed reduziu o juro básico norte-americano para perto de zero.