Regina Casé é premiada no maior festival de cinema indie dos Estados Unidos

0
761

Apresentadora e atriz brasileira recebeu prêmio especial no Sundance Film Festival, em Utah, pelo filme Que Horas Ela Volta

Regina
Regina Casé em cena de Quando Ela Volta?

DA REDAÇÃO (com G1 e Folha de S.Paulo) – A atriz e apresentadora Regina Casé levou o prêmio especial do juri de melhor atriz em filme estrangeiro no Sundance Film Festival, nos Estados Unidos, por sua atuação no filme independente brasileiro Que Horas Ela Volta?, dirigido por Anna Muylaert. O festival é o principal evento dedicado às produções de cinema independentes no país.

A premiação, anunciada no domingo (1), nas montanhas do Estado americano de Utah, foi dividida com a atriz Camila Márdila. O filme brasileiro concorreu ao lado de outros 12 títulos estrangeiros e foi aplaudido de pé quando foi apresentado no festival, uma semana antes.
Estrelada por Regina Casé, a película narra a história de uma mãe que deixa a filha no interior de Pernambuco para trabalhar como babá em São Paulo.

“Nós todos, principalmente as mulheres, convivemos não só com babás, mas com empregadas domésticas desde pequenininhos”, disse Regina à GloboNews. “E acabaram sendo pessoas tão importantes na minha vida, pessoas com as quais eu aprendi tanto, que não sabia que tinha um repertório tão grande. Eu nem tive que fazer pesquisa. Era só abrir o coração, abrir o baú, que vinham os gestos, os termos”.
A atriz e apresentadora também dedicou o prêmio às empregadas domésticas. “Agradecer a todas as babás que eu conheço e não conheço, porque sem as babás que cuidaram da Benedita e agora cuidam do Roque `ambos são filhos de Regina` não dava para ter feito filme nenhum”, disse.

Da emoção ao riso
“Este filme fascinante, dirigido por Anna Muylaert, explora o classismo e a mudança social no Brasil, e oferece um emocionante exame da essência da família”, diz a resenha que o jornal USA Today fez sobre os filmes premiados.

“Val demonstra tanto amor e trabalha tão constantemente e tão duro que é impossível não gostar dela, ainda que na prática ela tenha abandonado sua própria filha e, quando se reúne a ela, percebe que é uma estranha com um conjunto completamente diferente de ideias e valores”, diz a revista Hollywood Reporter.

O filme já havia sido apresentado em 2014 no festival de Locarno, na Suíça, onde levou a plateia à emoção e às gargalhadas, segundo a revista Variety.

Criado por Redford
Que Horas Ela Volta? é um dos 200 títulos que foram exibidos até o domingo no prestigioso evento, conhecido por dar lugar a estreias que, um ano depois, acabam recebendo atenção durante a temporada de prêmios de Hollywood.

Boyhood e Whiplash, ganhadores do Globo de Ouro em janeiro e fortes candidatos ao Oscar em fevereiro, estrearam em Sundance há 12 meses. O Sundance Film Festival foi criado em 1978 pelo ator Robert Redford. Neste ano o evento aconteceu de 22 de janeiro a 2 de fevereiro.